Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

05 Março de 2019 | 21h36 - Actualizado em 06 Março de 2019 | 06h43

Fraca participação de grupos carnavalescos desagrada governadora

Huambo - A fraca participação de grupos carnavalescos no desfile de adultos, disputado hoje, deixou descontente a governadora da província do Huambo, Joana Lina, que esperava por um Entrudo mais disputado.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Huambo: Desfile central do carnaval 2019

Foto: Aurélio Janeiro

Huambo: Desfile central do carnaval 2019

Foto: Aurélio Janeiro

Falando à imprensa, no final do desfile, admitiu que a participação de apenas três grupos, tal como na edição anterior, não dignifica o evento, além de retirar o seu carácter de maior manifestação cultural popular.

Insatisfeita, a governadora considera urgente que se analisem as causas da fraca adesão dos grupos, para se inverter a situação já na próxima edição, onde espera poder ver a desfilar grupos em representação dos 11 municípios desta província.

No entanto, mostrou-se satisfeita com o desfile de grupos de dança tradicional, também disputado hoje, que contou com a participação de 13 grupos, representando os 11 municípios.

Sobre o palco do Carnaval, a avenida Allioun Blondy Beye, contrariamente a habitual avenida Saidy Mingas, disse que o mesmo reúne as condições necessárias para o desfile e para o público.

Contudo, admitiu, caso a população não estiver de acordo, arranjar um outro local, já que a avenida Saidy Mingas, por causa das construções feitas em ambos os lados, deixou de oferecer condições para acolher desfiles carnavalescos.

Os grupos desistentes, com destaque para o Okuriuva, Instituto Superior Politécnico, União da Paz, Bloco Branco e Fogo Negro, apontam a falta de apoio, bem como o baixo valor dos prémios, aquém de suportar o investimento, como estando na base desta decisão.

Dos três concorrentes, o Ovinjenje, do município do Chinjenje, sagrou-se vencedor, com 364 pontos. Na 2ª posição ficou o Ecos da Gruta, do município do Cachiungo, com 333 pontos, enquanto o União Velha Guarda, do município do Huambo, com 311 pontos, ficou na 3ª e última posição.

Já na classe destinada aos grupos de dança tradicional o vencedor foi o Ongonjo, do município do Longonjo, enquanto Katiavala, do município do Bailundo, e o Tuyula, do município do Huambo, ficaram nas posições seguintes.

Domingo disputou-se o desfile infantil, com 13 grupos, tendo sido vencedor o Rainha do Milho, do município da Caála. Na 2ª posição ficou o grupo Nzinga Mbandi, do município do Huambo, e na 3ª o grupo Fogo da paz, do município da Chicala- Cholohanga.

Leia também
  • 06/03/2019 12:20:08

    União Estrela da Paz revalida título no Cuando Cubango

    Menongue - O grupo emblemático União Estrela da Paz, de Menongue, conquistou, nesta terça-feira, o seu 11 título carnavalesco, com 545 pontos.

  • 05/03/2019 20:57:54

    "Ouro Negro da Tundavala" conquista carnaval pela quinta vez consecutiva

    Lubango - O grupo carnavalesco "Ouro Negro da Tundavala" venceu, pela quinta vez consecutiva, o carnaval do município do Lubango, província da Huíla, ao totalizar 584 pontos, em acto decorrido hoje, terça-feira, na praça João Paulo, seguido do "Esperança do Hoque", com 256 pontos, na categoria de adultos, que contou apenas com dois concorrentes.

  • 05/03/2019 20:56:33

    Grupo carnavalesco Jovens Unidos do Património revalida título

    Mbanza Kongo - O grupo carnavalesco Jovens Unidos do Património, do município de Mbanza Kongo, venceu nesta terça-feira, pela segunda vez consecutiva, a edição 2019 do carnaval provincial do Zaire, cujo desfile decorreu no largo António Agostinho Neto.