Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Lazer e Cultura

16 Julho de 2019 | 17h21 - Actualizado em 16 Julho de 2019 | 17h47

Patrício Batsîkama lança obra "Mbôngi a Ñgîndu"

Luanda - O livro "Mbôngi a Ñgîndu" , que em Português significa escola de Ciências Políticas no antigo Kongo, do historiador Patrício Batsîkama, será lançado no dia 23 deste mês, no Auditório do Instituto Superior Politécnico Tocoísta (ISPT), em Luanda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Capa do livro do historiador angolano Patrício Batsîkama

Foto: EMERSON HOSSIN

Historiador Patrício Batsîkama

Foto: Emerson Hossi

A obra, segundo o prefaciado de Ivaldo Lima (coordenador de Pós-Graduação em Estudos Africanos da Universidade da Bahia-Brasil), mostra detalhes dos vários aspectos políticos e administrativos do reino do Kongo, desde as escolas de formação e o corpo técnico de funcionários.

O autor, de acordo Ivaldo Lima, foi movido, ao escrever o livro de 133 páginas, pela inspiração de contribuir para consagração do Reino do Kongo como Património Mundial da Humanidade.

Editado pela Mayamba e com uma tiragem de 1500 exemplares, a obra é um conjunto de uma série de investigações feitas pelo historiador Patrício Batsîkama sobre a escola das ciências políticas no antigo Kôngo.

Natural da província do Uíge, Patrício Batsikama é autor de obras como  “Tokoismo, Teologia da Libertação”, “O Reino do Kongo e a sua Origem Meridional",  "Makela ma Zombo" e " Nação, Nacionalidade e Nacionalismo em Angola".

É docente do Instituto Superior Tocoísta (ISPT), de onde também é coordenador do Centro de Estudo e Investigação Científica Aplicada (CEICA).

Assuntos Cultura   História  

Leia também
  • 12/07/2019 21:29:46

    Angola: Defendido maior investimento na pesquisa para obras científicas

    Luanda - O director do Instituto de Ciências Penitenciárias (ICP), Fernandes Manuel, defendeu hoje (sexta-feira) no lançamento da sua obra "Serviço Penitenciário - Evolução histórico - organizacional e funcional", o reforço da investigação para concepção de obras com fundamento.

  • 12/07/2019 11:16:41

    Mbanza Kongo, um potencial turístico-cultural adormecido

    Luanda - Detentora de um rico historial cultural, que a colocou na lista do património mundial, a mítica cidade de Mbanza Kongo, antiga capital do Reino do Kongo, continua longe dos "holofotes" turísticos e sem um horizonte temporal para a mudança de um cenário "desesperante" para os munícipes, que esperavam por dias melhores.

  • 11/07/2019 21:06:34

    Actor brasileiro defende intercâmbio entre criadores

    Luanda - O actor brasileiro Pablo Oliveira disse hoje, quinta-feira, em Luanda, ser necessário dinamizar permanentemente o intercâmbio entre os criadores de vários países, como de Angola, porquanto fortalece-os e permite um conhecimento mais aprofundado de distintas culturas.