Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

18 Junho de 2017 | 03h06 - Actualizado em 18 Junho de 2017 | 03h06

Estudantes das Universidades Privadas abordam eleições e cidadania em Cabinda

Cabinda - Os Estudantes das Universidades Privadas de Angola (AEUPA) estiveram reunidos sábado, na cidade de Cabinda, para discutir temas ligados à educação, ensino, eleições e cidadania.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O evento, que decorreu sob lema “ estudantes universitários unidos pela paz e democracia todos ao voto”, é uma promoção das universidades privadas dos país, visando promover a ampla participação dos estudantes nos grandes objectivos da democracia participava e do desenvolvimento social, bem como incutir um conjunto de características e comportamentos necessários para que exista uma cidadania responsável.

Com duração de um dia, os delegados à conferência debruçaram-se sobre temas como “ O desenvolvimento socioeconómico da província de Cabinda e os ganhos nos sectores da educação e ensino”, “Estudantes e as eleições”, “Consagração e exercício da democracia participava e representativa no ordenamento jurídico angolano” e “ Apresentação de projectos por parte dos estudantes”.  

Ao intervindo no acto de abertura da conferência, o presidente nacional da AEUPA, Jofre dos Santos, disse que o evento é a materialização do apelo feito pela comissão nacional eleitoral às organizações da sociedade civil, de que o trabalho do esclarecimento aos cidadãos deve ser feito por todas organizações, de forma activa e persistente no sentido de mobilizar o país ao voto, consciencializando todos sobre a importância das eleições.

Por seu turno, a governadora de Cabinda, Aldina da Lomba Catembo, destacou o papel dos institutos superiores politécnico de Angola na formação de quadros nos diferentes áreas do saber, sublinhando a necessidade das universidades apostarem seriamente na investigação  e  no rigor científico para que estejam a altura de formar homens capazes de dar respostas aos desafios do presente e do futuro.

Aldina da Lomba Catembo aproveitou a ocasião para apelar à participação massiva da juventude, e da população em geral, nas eleições de 23 de Agosto, com civismo e tolerância para que as mesmas decorram num clima de festa e de harmonia.

Os trabalhos contaram com a participação de docentes e discentes universitários, membros do governo da província de Cabinda e demais extractos da sociedade.

Durante a sua estada nesta região, os delegados vindos de oito províncias do país, nomeadamente Luanda, Bengo, Cuanza Sul, Huíla, Huambo, Benguela, Moxico e Cabinda vão visitar alguns objectivos de interesse histórico, cultural e económico, tais como os postos fronteiriços de Yema e Massabi, o cemitério dos nobres de Cabinda e algumas obras de impacto social em curso na região.

Assuntos Província » Cabinda  

Leia também
  • 18/06/2017 02:54:41

    Cabinda: MPLA realiza marcha de apoio a João Lourenço

    Cabinda - O comité provincial de Cabinda do MPLA realizou no sábado, nesta cidade, uma marcha de apoio às eleições gerais de 23 de Agosto próximo e ao candidato do partido a Presidente da República, João Lourenço.

  • 16/06/2017 11:52:40

    Cabinda: MPLA apela à tolerância na campanha eleitoral

    Cabinda - O primeiro secretário do MPLA no município de Belize, André Tati, exortou nesta sexta-feira os militantes, simpatizantes e amigos do seu partido, para se abdicarem de actos que incitam a violência no decurso do processo eleitoral.

  • 15/06/2017 12:38:09

    Cabinda: Polícia repatria imigrantes ilegais

    Cabinda - Duzentos e 25 cidadãos estrangeiros, em situação migratória irregular, foram expulsos da província de Cabinda, Angola, no período compreendido de 6 a 13 deste mês (Junho).