Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Agosto de 2017 | 14h18 - Actualizado em 09 Agosto de 2017 | 14h54

Eleições/2017: CNE credencia mil observadores nacionais e internacionais

Luanda - Mil observadores, entre nacionais e internacionais, foram credenciados desde o início desse processo, a 6 de Agosto, anunciou hoje (quarta-feira) a Comissão Nacional Eleitoral (CNE).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Júlia Ferreira, Porta-voz da CNE

Foto: Joaquina Bento

De acordo com a porta-voz da CNE, Júlia Ferreira, o seu órgão já teria acreditado mais observadores se não houvesse debilidade em termos de organização interna de instituições que manifestaram a intenção de observar as eleições de 23 de Agosto.

A CNE tem criado facilidades, trabalhando até domingo, para possibilitar, num prazo razoável, que seja finalizado o processo, já que está agendada uma acção de formação e capacitação dos observadores inscritos.

Em relação à União Europeia, Júlia Ferreira realçou que não será representada como observadora, mas estará integrada nessas eleições a nível de perita, sendo uma tarefa que se encaixa, também, no quadro da observação do processo.

Foram credenciados hoje (quarta-feira) o ministro das Relações Exteriores, Georges Chicoti, embaixadores nacionais acreditados no estrangeiro, bem como o bispo da Igreja Tocoísta, Afonso Nunes, entre outras entidades angolanas e estrangeiras.  

A responsável sublinhou que a Lei Eleitoral prevê, também, que as igrejas sejam catalogadas como observadoras nacionais, por isso, foi credenciado o bispo da Igreja Tocoísta, Afonso Nunes.

A lei prevê, ainda, como observadores nacionais, altos funcionários do MIREX, organizações e associações angolanas.

O ministro das Relações Exteriores, Georges Chicoti, afirmou que o processo está bem organizado e que a CNE fez um grande trabalho, restando apenas a realização do pleito de 23 de Agosto.

Leia também
  • 17/08/2017 16:31:00

    Eleições 2017: Programa do MPLA chega aos enfermeiros e médicos no Uíge

    Uíge - Enfermeiros, médicos e trabalhadores administrativos do sector da Saúde na província do Uíge receberam hoje (quinta-feira) esclarecimentos sobre a proposta do MPLA para os próximos cinco anos de governação.

  • 17/08/2017 16:15:56

    Eleições /2017: CASA-CE promete maior fiscalização às infra-estruturas

    Sumbe - O secretário provincial da CASA-CE no Cuanza Sul, Domingos Sobral, prometeu nesta quinta-feira, na Quilenda, que a coligação vai apostar na fiscalização das obras de infra-estruturas a serem executadas, de modo a conferir qualidade e valorizar os investimentos, caso seja eleito governo no dia 23 deste mês.

  • 17/08/2017 16:00:33

    Eleições/2017: Mais de mil agentes cívicos esclarecem cidadãos sobre votação

    Lubango - Mil e quinhentos agentes cívicos eleitorais estão, desde quarta-feira, a instruir os cidadãos da província da Huíla a localizar as assembleias de voto, onde deverão exercer o seu direito cívico no próximo dia 23 deste mês, disse fonte da Comissão Eleitoral.

  • 17/08/2017 15:53:36

    Eleições/2017: APN pede a militantes para afluírem às urnas em Camacupa

    Camacupa - O primeiro-secretário da Aliança Patriótica Nacional (APN) no Bié, Azafi Mateus, pediu hoje (quinta-feira), no município de Camacupa, 82 quilómetros a Leste do Cuito (Bié), aos militantes, em particular, e aos eleitores, em geral, para afluírem às urnas no dia 23 de Agosto, a fim de votarem no seu partido e obter-se a vitória nesta região.