Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

12 Março de 2018 | 19h24 - Actualizado em 13 Março de 2018 | 13h35

MPLA augura satisfação das aspirações dos angolanos

Luanda - O MPLA augura que o Executivo liderado pelo Presidente da República, João Lourenço, possa implementar, com rigor, as políticas públicas sufragadas no processo eleitoral, para satisfazer as expectativas dos angolanos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente do MPLA, José Eduardo dos Santos, na Reunião do Bureau Político do MPLA

Foto: Pedro Parente

De acordo com o porta-voz do MPLA, Norberto Garcia, que falava à imprensa, no final da reunião do Secretariado do Bureau Político desta formação, orientada pelo seu presidente, José Eduardo dos Santos, disse ser imperioso apostar-se na actividade produtiva para a diminuição das importações e satisfazer as aspirações do povo.  

“O que queremos, cada vez mais, é que o nosso Executivo, liderado pelo Presidente da República, João Lourenço, que tem o apoio incondicional do partido possa, de facto, satisfazer as expectativas e o sonho dos angolanos”, vincou.

Por este facto, acrescentou, o partido que sustenta o governo deve apostar na actividade produtiva para trazer ao país as melhores soluções para os problemas do povo.  

A reunião do BP analisou a proposta que o Executivo apresenta em relação à produção nacional, no sentido da diminuição das importações, de modo a dar sustentabilidade à produção nacional.

O Secretariado do Bureau Político do MPLA exortou, por outro lado, os militantes a um espírito de urbanidade e coesão, para o fortalecimento do partido.

Norberto Garcia entende que a união e a coesão no seio do partido devem constituir um modelo comportamental e exemplar para que o MPLA possa vencer as suas tarefas.

“Cada um de nós é chamado a cumprir o seu papel para que a coesão e a união no seio do partido se concretize cada vez mais e, com isso, “Melhorar o que está bem e corrigir o que está mal”, expressou.

O Bureau Político preparou também um relatório a ser submetido à reunião do Comité Central, a realizar-se na sexta-feira, em Luanda, relativamente ao cumprimento das suas tarefas em 2017 que ascendem na ordem de 89 por cento.

Para além da questão relacionada com o orçamento do partido, a reunião abordou também a mudança do 1º secretário provincial do MPLA do Bengo, João Miranda, que deverá ser substituído por Mara Quiosa Baptista, actual governadora.

João Miranda foi nomeado recentemente embaixador de Angola na República da França.

Assuntos MPLA  

Leia também
  • 02/02/2019 19:03:49

    MPLA propõe promoção da cultura de paz na agenda política 2019

    Luanda - O MPLA propõe na sua agenda política 2019 promover a cultura de paz, do diálogo fraterno e da solidariedade no seio da sociedade angolana, assim como apoiar iniciativas que visam à preservação da paz e consolidação da unidade e reconciliação nacional.

  • 02/02/2019 18:26:19

    Processo de implementação das autarquias prioridade da agenda política do MPLA

    Luanda - O preparação para o processo de implementação das autarquias e consolidação das reformas do Estado no âmbito da administração central e local, bem como do sector da justiça constituem tarefas prioritárias para agenda política do MPLA, em 2019, lançada hoje, sábado, em Luanda.

  • 02/02/2019 18:01:43

    Resenha: Solidariedade de Angola ao povo brasileiro mereceu destaque

    Luanda - A mensagem de pesar do Presidente da República, João Lourenço, endereçada ao seu homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, pelas mortes resultantes da ruptura uma barragem constituiu um dos destaques do noticiário político da semana que termina hoje, sábado.

  • 31/01/2019 20:20:47

    MPLA analisa reflexões sobre Operação Resgate

    Luanda - O Secretariado do Bureau Político do MPLA analisou esta quinta-feira, durante a sua segunda reunião ordinária, um conjunto de reflexões da direcção do partido sobre a Operação Resgate, tendo-a considerado de pertinente, no quadro da moralização da sociedade e emitiu sugestões, que visam melhorar os mecanismos da sua operacionalização.