Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Dezembro de 2019 | 20h25 - Actualizado em 10 Dezembro de 2019 | 10h11

Valter Filipe evacuado para o hospital

Luanda - O réu Valter Filipe, ex-governador do Banco Nacional de Angola, implicado no "Caso USD 500 milhões", foi evacuado hoje, de emergência, para o hospital, na sequência de uma crise respiratória, durante a primeira sessão de audiência e discussão do julgamento.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Familiares, amigos e curiosos assistem ao julgamento do caso USD 500 milhões

Foto: Rosário dos Santos

Valter Filipe ter-se-á ressentido do calor que havia na sala de audiências do Tribunal Supremo (TS), tendo sido evacuado, apenas, depois da segunda crise.

“O Valter está a passar mal! Há aqui um médico?”, perguntou, em tom de pânico, o juiz da causa, João da Cruz Pitra, ante os suspiros do réu.

Perante a situação, o advogado Sérgio Raimundo, que na altura lia a nota de contestação, lembrou que já tinha sido interposto um requerimento a chamar atenção para o estado de saúde do réu, mas “foi tratado como se tivesse perdido o seu direito de personalidade”.

Diferente dos julgamentos da “Burla Tailandesa”, primeiro caso julgado no Supremo Tribunal nos últimos dois anos, e do “Conselho Nacional de Carregadores”, hoje a sala esteve quente, por inoperância do sistema de refrigeração.

Neste caso, cujo julgamento teve início hoje, segunda-feira, estão também envolvidos o antigo presidente do Fundo Soberano, José Filomeno dos Santos “Zenu”, o ex-director do Departamento de Gestão de Reservas do BNA, António Samalia Bule, e o empresário Jorge Gaudens, acusados de crimes de peculato, tráfico de influência e branqueamento de capitais.

Os quatro réus respondem por uma alegada transferência ilegal de USD 500 milhões do Banco Nacional de Angola (BNA) para uma conta no Crédit Suisse de Londres, Inglaterra.

Assuntos Política   Tribunal Supremo  

Leia também
  • 09/12/2019 20:51:30

    Ministro da Justiça realça esforços no combate à corrupção

    Luanda - O ministro da Justiça e do Direitos Humanos, Francisco Queirós, enalteceu nesta segunda-feira, em Luanda, o esforço do Executivo no combate à corrupção, um mal que provoca a destruição do sistema económico, social, político e moral do país.

  • 09/12/2019 18:02:39

    Tribunal Supremo arrola ex-PR como declarante

    Luanda - O Tribunal Supremo (TS) anuiu, nesta segunda-feira, ao requerimento da defesa dos quatro réus envolvidos no "Caso USD 500 milhões", para arrolar ao processo, como declarante, o ex-Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

  • 09/12/2019 00:02:13

    Síntese das principais notícias

    Luanda - A Agência Angola Press, Angop E.P, incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos: