Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

24 Junho de 2019 | 21h22 - Actualizado em 24 Junho de 2019 | 20h50

PR assegura apoio para reabilitar missões evangélicas

Lubango - O Presidente da República, João Lourenço, afirmou nesta segunda-feira, no Lubango, província da Huíla, que o Executivo vai prosseguir com os projectos regionais de reabilitação de infraestruturas religiosas, destruídas por acção da guerra que assolou o país.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O Chefe de Estado fez este pronunciamento quando respondia ao presidente da Igreja Evangélica Sinodal de Angola (IESA), Dinis Eurico, durante um encontro em que representou as igrejas da Huíla.

Entre as infraestruturas a serem reabilitadas estão as missões do Bunjei (no município do Chipindo), da Igreja Evangélica Congregacional de Angola (IECA), a Missão do Chipindo e o Hospital Evangélico de Caluquembe (IESA).

Na ocasião, João Lourenço sublinhou que o governo não se esqueceu dos projectos sociais das diferentes igrejas, mas “ainda não há capacidade financeira para responder a todos”.

O Presidente da República reafirmou a necessidade dos serviços estarem completamente descentralizados, por forma a que o empresário não tenha de se deslocar da sua província para negociar, em Luanda, a cedência de crédito junto das direcções dos bancos.

“Estamos preocupados com a situação. Espero que consigamos compreender a mensagem, pois é preciso descentralizar pouco a pouco. Anunciamos já o lançamento do Programa Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM), que acontece ainda esta semana”, frisou.

Durante o encontro, que durou duas horas, João Lourenço auscultou, também, representantes das autoridades tradicionais, de antigos combatentes, associações de camponeses, da comunidade da Tchavola, da Ordem dos Enfermeiros, de associações de estudantes e comissão da juventude.

Leia também
  • 24/06/2019 20:13:54

    Caso CNC: Tribunal Supremo retoma julgamento

    Luanda - O Tribunal Supremo retoma, terça-feira (25), o julgamento do Caso Conselho Nacional de Carregadores (CNC) com interrogatório ao antigo director-geral do CNC, Manuel António Paulo, a ser conduzido pela advogada do réu Augusto Tomás (Paula Godinho).

  • 24/06/2019 15:46:36

    Huíla gasta mais de mil milhões de kwanzas/mês para energia eléctrica

    Lubango - A província da Huíla gasta, mensalmente, mais de mil milhões de kwanzas em combustíveis para a geração de energia eléctrica, valores que podem aumentar com a entrada em funcionamento de duas novas turbinas que agregarão mais 150 megawatts a energia disponível.

  • 24/06/2019 14:12:11

    Potencialidades da Huíla atraem acção do Executivo

    Lubango - O Executivo tem prestado atenção particular à província da Huíla face às suas potencialidades económicas que, bem exploradas, poderão ajudar a descongestionar a cidade de Luanda, que está superpovoada, declarou, esta segunda-feira, no Lubango, o Presidente da República, João Lourenço.