Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Julho de 2019 | 20h26 - Actualizado em 09 Julho de 2019 | 20h26

Mobilidade no espaço CPLP recebe aval dos países membros

Luanda - O Presidente da Assembleia Parlamentar da Comunidades dos Países de Língua Oficial Portuguesa (AP- CPLP), Jorge Maurício dos Santos, afirmou segunda-feira, em Luanda, que a questão da mobilidade no espaço lusófono já recebeu o aval dos Estados membros.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Presidente da Assembleia Parlamentar da AP- CPLP, Jorge Maurício dos Santos

Foto: Clemente dos Santos

Jorge Maurício dos Santos falava à imprensa, à margem da IX Assembleia Parlamentar da CPLP, que decorre em Luanda, sob o lema: “Mobilidade: factor de aproximação dos Povos da CPLP”.

Segundo o responsável, trata-se de uma proposta que está a ser muito bem trabalhada.

“Conseguimos grandes ganhos a nível dessa discussão e existe uma proposta concreta dos Executivos, que permite várias soluções, não só na mobilidade ou vistos de longa duração e de permanência”.

O também presidente da Assembleia Nacional de Cabo Verde indicou que a questão da mobilidade tem de ser completada com outros mecanismos, designadamente a implementação de soluções para os transportes marítimos e aéreos, que vão permitir a ligação entre os países membros.

Mobilização de investidores

A par disso, disse ser necessário a mobilização de empresários e investidores, para a criação de empresas e postos de trabalho, bem como o desenvolvimento de projectos comuns nas áreas do ensino, da investigação e das academias.

Acrescentou que devem, igualmente, ser mobilizados artistas e promotores de culturas para o desenvolvimento de projectos comuns e o envolvimento de jovens e desportistas espalhados pelos quatro continentes onde vivem mais de 280 milhões de pessoas, acrescentou.

Cooperação e amizade

Por sua vez, o presidente do Parlamento angolano, Fernando da Piedade Dias dos Santos, declarou que os laços de amizade, solidariedade e culturais que unem os países e povos da CPLP são fortes e históricos, alicerçados numa língua comum.

“Sendo a AP-CPLP o espaço privilegiado para concertações políticas sobre as grandes questões que afectam os nossos países e a nossa comunidade, de mais de 200 milhões de cidadãos que dignamente representamos, o nosso esforço em prol dos objectivos que norteiam a nossa organização deve ser cada vez maior”, observou.

Por outro lado, o secretário Executivo da CPLP, Francisco Teles, sublinhou que a organização quer estar mais perto dos seus cidadãos e promover a cidadania como factor de coesão e corresponder as suas aspirações em matérias importantes como a mobilidade, “corolário dos laços que nos une”.  

Projectos e Agenda 2030

Em matéria de cooperação, fez saber que CPLP está plenamente alinhada com a agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável, tendo alargado a sua intervenção em sectores  como a Defesa, Energia e agenda digital.

Acrescentou que a CPLP desenvolve ainda uma série de planos estratégicos sectoriais e tem cerca 30 projectos em cursos, correspondendo a um encaixe financeiro na ordem de cinco milhões de euros.

A reunião de Luanda deve discutir e aprovar as propostas de revisão dos estatutos da organização, do orçamento e uma outra sobre o modelo de financiamento para instalação e funcionamento do secretariado permanente da AP-CPLP, em Luanda.

Assuntos Cooperação   Parlamento  

Leia também
  • 11/07/2019 10:24:51

    AP-CPLP aprova criação de Rede Parlamentar para juventude lusófona

    Luanda - A Assembleia Parlamentar da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (AP CPLP) aprovou, por unanimidade, uma proposta para a criação da Rede de Jovens Parlamentares no espaço lusófono.

  • 10/07/2019 16:39:38

    Angola defende incremento da cooperação com Namíbia

    Windhoek - O director para a África e Médio Oriente do Ministério angolano das Relações Exteriores, Afonso Evaristo Eduardo, defendeu nesta quarta-feira, em Windhoek, Namíbia, o incremento da cooperação entre os dois países, que integram a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

  • 09/07/2019 20:19:10

    Portugal destaca aprofundamento da democracia em Angola

    Luanda - O presidente da Assembleia da República de Portugal, Eduardo Ferro Rodrigues, regozijou-se, nesta terça-feira, em Luanda, com o trabalho do Chefe de Estado angolano, João Lourenço, de aprofundamento da democracia e combate à corrupção em Angola.