Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

10 Setembro de 2019 | 17h42 - Actualizado em 10 Setembro de 2019 | 17h54

Chefe de Estado regressa ao país

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, regressou na tarde desta terça-feira ao país, proveniente de Brazzaville (República do Congo), onde interveio hoje (terça-feira) na abertura do Fórum "Investir em África" (FIA5).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Chegada do presidente João Lourenço a Luanda, proveniente do Congo Brazzaville

Foto: Francisco Miúdo

À sua chegada a Luanda, João Lourenço recebeu cumprimentos de boas-vindas, no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, do Vice-presidente da República, Bornito de Sousa, de membros do Executivo e de altos funcionários do seu gabinete.

O evento, que decorrerá até ao dia 12 deste mês, foi co-organizado pelos governos das Repúblicas do Congo e da China e pelo Banco Mundial (BM). Até ao final do fórum, o Presidente da República é representado pelo ministro da Economia e Planeamento, Manuel Neto da Costa, segundo fonte do Secretariado de Imprensa da Presidência da República.

O fórum FIA5 visa facilitar a partilha de experiências em matéria de mobilização de investimentos do sector privado, paralelamente aos esforços do sector público, para estimular a actividade económica.

Na sua intervenção, o Chefe de Estado anunciou que Angola criou as condições necessárias para que os investidores estrangeiros possam fazer os seus negócios no país, de forma transparente e segura.

Explicou que o seu Governo decidiu assumir “de forma prática e coerente” a adopção de medidas que visam criar condições de estabilidade macroeconómica, imprescindíveis para a melhoria do ambiente de negócios no país.

Com esta finalidade, disse, Angola está a implementar um programa de estabilização económica “com resultados bastante animadores” na consolidação fiscal, na redução da taxa de inflação e na normalização gradual do mercado cambial, entre outros indicadores, que contribuem para melhorar o desempenho da economia nacional.

O Estadista angolano acrescentou que o mercado angolano está aberto ao investimento privado e oferece vantagens da sua privilegiada localização geográfica (região austral do continente africano), terras férteis, recursos hídricos e outros ainda inexplorados.

O FIA5 foi instituído em 2015, como uma plataforma internacional para promover a cooperação multilateral e as oportunidades de investimento em África. Reúne todos os anos vários actores dos sectores público e privado de África e da China, representantes de organizações internacionais e regionais, bem como parceiros ligados ao desenvolvimento e grupos de reflexão.

Visita ao Qatar

Antes de viajar para Brazzaville, João Lourenço efectuou uma visita de Estado ao Qatar, onde manteve um encontro com o seu homólogo, Sheik Tamim Bin Hamad Al-Thani, e com altos executivos de empresas de relevo locais, assim como com responsáveis da Câmara de Comércio e Indústria e da Associação Empresarial daquela nação, rica em petróleo e gás natural.

Durante a visita de 48 horas, os dois Estados assinaram seis acordos, designadamente "Promoção e Protecção Recíproca de Investimentos", "Protocolo para o Estabelecimento de Mecanismos de Consultas Políticas" e "Acordo de Supressão de Vistos em Passaportes Diplomáticos e Especial".

Rubricaram, igualmente, acordos sobre "Marinha Mercante", "Cooperação Económica, Comercial e Técnica" e um "Memorando de Entendimento entre a Empresa de Gestão de Portos do Qatar (Mwani) e o Instituto Marítimo Portuário de Angola (IMPA)".

No pequeno emirado do Golfo Pérsico, o Presidente da República visitou, também, o Museu Nacional e a Fundação Qatar, assim como um dos estádios, que acolherá o Mundial de futebol de 2022, para o qual Angola está a disputar a qualificação.

Assuntos Política  

Leia também
  • 09/09/2019 19:19:34

    FAA reafirmam intervenção em operações de paz

    Luanda - O Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas Angolanas (CEMG/FAA), Egídio de Sousa Santos, reafirmou nesta segunda-feira, em Luanda, a disponibilidade das tropas intercederem em operações de manutenção da paz e de ajuda humanitária, no quadro regional e continental.

  • 09/09/2019 18:13:23

    UNITA vê oportunidade nas VIII jornadas parlamentares

    Lubango - O presidente do grupo parlamentar da UNITA, Adalberto Costa Júnior, vê na realização das VIII jornadas parlamentares nas províncias da Huíla e do Cunene uma oportunidade para os deputados inteirarem-se da seca que afecta mais de 880 mil e 172 pessoas.

  • 09/09/2019 00:19:36

    Síntese das principais notícias das últimas 24 horas

    Luanda - A Agência Angola Press, Angop E.P, incluiu na sua emissão das últimas 24 horas, entre outros, os seguintes assuntos: