Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

21 Outubro de 2019 | 19h26 - Actualizado em 21 Outubro de 2019 | 20h07

UNITA aprova candidaturas de Adalberto da Costa e Raúl Danda

Luanda - Os militantes da UNITA Adalberto da Costa Júnior e Raul Danda estão aptos para concorrer à presidência do maior partido da oposição, nas eleições marcadas de 13 e 15 de Novembro, no decorrer do seu XIII Congresso Ordinário.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

De acordo com o porta-voz da Comissão Eleitoral, Rúben Sicato, em declarações hoje (segunda-feira) à imprensa, o recurso efectuado por Adalberto da Costa, onde faz menção à renúncia da nacionalidade portuguesa, segue os parâmetros legais da Constituição de Angola, dos estatutos da Unita e da lei dos partidos políticos.

“Nesta conformidade, o candidato está no pleno direito para concorrer ao cadeirão máximo do partido”, disse em conferência de imprensa realizada, no município de Viana, província de Luanda.

Quanto a situação de Raúl Danda, avançou que foi criado um comité ad-hoc, que analisou a situação estatutária, bem como de militância do candidato.

Explicou que, a referida comissão concluiu que, juntando os anos que Raul Danda abandonou o partido aos anos do seu regresso, perfazem 15 anos.

Revelou, ainda, que a  candidatura de Raul Danda à presidência da UNITA surgiu de uma votação em que participaram 57 membros do Comité Permanente, em que acabou eleito com 47 votos a favor e 10 contra.

Para as eleições de Novembro, além de Adalberto da Costa Júnior e Raul Danda, vão concorrer também os candidatos José Kachiungo, Abílio Kamalata Numa e Alcides Sakala.

Assuntos Província » Luanda   UNITA  

Leia também
  • 18/10/2019 16:58:14

    PGR pede rigor na implementação do PIIM

    Luanda - O sub-procurador-geral da República, Lucas Ramos, alertou hoje (sexta-feira) que para a implementação exitosa do Programa Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) é necessário maior rigor por parte dos gestores públicos.

  • 17/10/2019 16:25:35

    Gestores públicos de Viana reúnem-se para falar de corrupção

    Luanda - Um seminário sobre Probidade Pública e Prevenção à Corrupção reuniu hoje (quinta-feira) os gestores públicos do município de Viana com o objectivo de os alertar para a necessidade de evitarem actos que possam prejudicar a boa gestão dos bens públicos.

  • 17/10/2019 15:02:19

    PGR augura gestão transparente de recursos públicos

    Luanda - A sub-procuradora geral da República, Constância Campemba, chamou, hoje (quinta-feira), a atenção aos administradores municipais para uma gestão transparente dos recursos públicos, no âmbito da implementação do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).