Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

01 Junho de 2020 | 13h13 - Actualizado em 01 Junho de 2020 | 17h30

Loti Nolika destaca governação participativa

Huambo - A nova governadora da província do Huambo, Loti Nolika, manifestou esta segunda-feira, na região, o desejo de contar com a colaboração de todas as forças vivas na concretização e materialização dos vários projectos de impacto económico-social.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Huambo: Nova governadora do Huambo, Loti Nolika (à esq) recebe chaves da província

Foto: Aurélio Janeiro Sacalei Soi

Nova governadora da província do Huambo, Loti Nolika

Foto: Aurélio Janeiro Sacalei Soi

A governante assumiu este desafio durante o acto de sua apresentação aos membros da sociedade civil local, em acto orientado pelo ministro da Administração do Território, Marcy Cláudio Lopes, marcado com a troca de pastas e entrega das chaves, por parte da governadora cessante, Joana Lina.

Loti Nolika que, se escusou de fazer promessas, disse que vai dar continuidade aos projectos em curso, porém espera contar com o engajamento de todos, independentemente do local do nascimento, crença religiosa, cor da pele e da filiação partidária, partindo do pressuposto segundo o qual “a união faz a força” ou ainda “na democracia cabemos todos…”.

Segundo a governante, que interrompeu o seu discurso para pedir uma efusiva salva de palmas à governadora cessante, Joana Lina, a quem chamou de mãe, companheira e amiga de longa data, haverá espaço para escutar a opinião de todos e, ao mesmo tempo, impedir que se invista em sectores desagregadores, visando o crescimento harmonioso da província.

Por sua vez, a governadora cessante, Joana Lina, agradeceu o apoio e o acolhimento que lhe fora prestado durante o tempo que governou a província (um ano, oito meses e cinco dias), solicitando o mesmo empenho para a sua sucessora, por sinal uma filha da casa.

Destacou que, entre várias acções, procurou redinamizar a vida em todos os sectores, percorrendo de lés-a-lés os 11 municípios, dialogando de forma aberta e transparente com toda população, com foco em torná-la na placa giratória do desenvolvimento económico-social do país.

Nomeada para exercer as mesmas funções na província de Luanda, afirmou que os desafios do Huambo continuam a merecer a máxima atenção do Executivo, desde o Plano Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM), de combate à pobreza, de investimentos públicos, entre outros.

Percurso da nova governada

De 60 anos de idade, Loti Nolika, natural da comuna do Luvemba, município do Bailundo, tornou-se na 16ª governadora e na 2ª mulher a assumir os destinos da província do Huambo, desde que o país alcançou a Independência Nacional, a 11 de Novembro de 1975.

Exerceu, entre outras funções, os cargos de vice-governadora desta província para o sector Político e Social, no período entre 2008 a 2011, sendo membro do Conselho da República de 2012 a 2017, actualmente desempenha as funções de 2ª secretária do MPLA nesta região.

O ciclo governativo do planalto central começou com Agostinho Ndjaka, entre 1976 e 1977, função que, na altura, designava-se por comissário e não governador.

Seguiram-se Pedro Maria Tonha Pedale (1978-1979), Santana André Pitra Petrof (1979-1982), João Ernesto dos Santos Liberdade (1982-1984), Marques Monocapui Wassovava (1984) e Marcolino José Carlos Moco (1984-1986).

A província do Huambo também foi governada por Osvaldo de Jesus Serra Van-Dúnen (1986-1991), Graciano Mande (1991-1992), Baltazar Manuel (1995-1997), António Paulo Kassoma (1997-2008), Albino Malungo (2009-2010), Fernando Faustino Muteka (2010-2014), Kundi Paihama (2014-2016) e João Baptista Kussumua (2016-2018).

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 01/06/2020 12:29:43

    Ministro quer excelência na prestação do serviço público

    Huambo - O ministro da Administração do Território, Marcy Lopes, instou hoje, segunda-feira, no Huambo, os gestores e técnicos dos vários sectores da governação local à excelência, competência e espírito de equipa, para a prestação de um serviço público de qualidade.

  • 28/05/2020 15:17:48

    Governadora quer melhoria de condições para população do Huambo

    Luanda - A nova governadora do Huambo, Lotti Nolika, apresentou hoje como prioridade da sua governação a melhoria das condições básicas para a população daquela província, rica em recursos naturais e minerais.

  • 27/05/2020 11:58:15

    Procurador defende maior celeridade no exercício da acção penal

    Huambo - O novo subprocurador-geral da República titular na província do Huambo, José Maria Gomes da Silva Gustavo, defendeu esta quarta-feira, na região, maior celeridade no exercício da acção penal, para combater os possíveis casos de prisão preventiva.