Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

27 Junho de 2020 | 16h42 - Actualizado em 27 Junho de 2020 | 16h41

Covid-19: Casos comunitários são critério da OMS

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, afirmou neste sábado, em Luanda, que o anúncio de casos de contaminação comunitária da covid-19 obedece a critérios definidos pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Edificio da nova unidade do Banco de Urgência do Hospital Pediátrico David Bernardino

Foto: Francisco Miudo

Presidente João Lourenço vista nova unidade do Banco de Urgência do Hospital David Bernardino

Foto: Francisco Miudo

O Governo tem sido questionado, por diversas individualidades do país, sobretudo pela mídia, sobre a existência de casos de contaminação comunitária da covid-19, em Angola, em função dos altos números de contaminação local e, sobretudo, dos casos com vínculo desconhecido.

Em declarações à imprensa, no final da visita ao novo Banco de Urgência do Hospital Pediátrico de Luanda aberto hoje ao público, o Presidente João Lourenço aclarou que, se as autoridades sanitárias não anunciaram a existência de contaminação comunitária, significa que “a situação de Angola, ainda, não se enquadra nos critérios que a OMS definiu".

"Portanto, se isso vier a acontecer (…), com certeza que, as autoridades competentes terão de anunciar que o país já entrou em contaminação comunitária", observou .

Questionado sobre a possibilidade de haver um recuo nas acções de confinamento em curso, tendo em conta a subida do número de casos da pandemia, notou que, "em outros países isso está a acontecer e se nós nos descuidarmos, também, pode acontecer em Angola".

Segundo o Titular do Poder Executivo, Angola não é especial. "Angola pode ser diferente, dependendo, sempre, do nosso comportamento e das nossas atitudes".

Considerou que, se os cidadãos continuarem a utilizar a máscara, a lavar as mãos com frequência e a manter o distanciamento entre pessoas, pode ser feito o desconfinamento sem que haja “grande risco” de aumento de casos positivos.

"Portanto, tudo depende de nós", concluiu o Chefe de Estado Angolano.

A província de Luanda encontra-se numa situação epidemiológica “preocupante”, segundo as autoridades, depois de, na noite de sexta-feira, terem sido anunciados 32 casos positivos da covid-19, dos quais 28 da capital, número mais alto até aqui registado.

Angola regista neste momento 244 casos positivos da covid-19, 26 dos quais apontados pelas autoridades sanitárias como sendo de vínculo epidemiológico em estudo.

Leia também
  • 27/06/2020 15:47:13

    Governo estende Cuidados Intensivos pediátricos ao país

    Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, admitiu este sábado que o Executivo deverá replicar unidades pediátricas de Cuidados Intensivos a outras regiões do país, para um atendimento mais humanizado às crianças.

  • 26/06/2020 18:37:10

    Governo reduz programas inseridos no PDN

    Luanda - O Governo angolano prevê reduzir, de 84 para 69, os programas inicialmente inseridos no Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN), para os próximos dois anos.

  • 26/06/2020 16:40:59

    Executivo aprova estratégia do sistema aeroportuário

    Luanda - O Executivo angolano aprovou esta sexta-feira a Estratégia Global do Sistema Aeroportuário, durante a VI Reunião Ordinária do Conselho de Ministros, orientada pelo Presidente da República, João Lourenço.