Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

16 Julho de 2020 | 17h23 - Actualizado em 17 Julho de 2020 | 09h24

Diplomatas abordam papel da ONU nos Grandes Lagos

Luanda - O embaixador de Angola no Quénia, Sianga Abílio, abordou esta quinta-feira, em Nairobi, a estratégia para o reforço do papel da ONU na Região dos Grandes Lagos, em conversa, por videoconferência, com o enviado especial do secretário-geral desta organização global, Huang Xia.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em nota de imprensa, a embaixada de Angola no Quénia refere que Huang Xia defendeu uma maior intervenção dos países da região na solução das questões locais, tendo saudado o Presidente da República, João Lourenço, pela promoção de encontros quadripartidos sobre a zona.

O enviado especial do secretário-geral das Nações Unidas para os Grandes Lagos destacou, como resultado desses encontros, a libertação, a 7 deste mês, pelo Uganda, do último grupo de 12 cidadãos rwandeses, qualificando-a como “um bom gesto para a paz e estabilização da região”.

Incentivou a aposta em iniciativas africanas e reiterou a disponibilidade das Nações Unidas em apoiar e ajudar as acções para a paz, a estabilidade e o desenvolvimento harmonioso da região, considerando fundamental que os dirigentes da zona encontrem soluções idênticas para a reconciliação entre o Rwanda e o Burundi.

Durante a videoconferência, o responsável da ONU convidou Angola a participar na reunião sobre os Recursos Naturais, a decorrer em Setembro próximo, em Cartum (Sudão) e na conferência sobre Comércio e Investimentos, a realizar-se em Dezembro, em Kigali (Rwanda).

Integram a Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos (CIRGL) Angola, Burundi, República Centro-Africana (RCA), Quénia, República do Congo, República Democrática do Congo (RDC), Rwanda, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia, Uganda e Zâmbia.

Assuntos Angola   Diplomacia  

Leia também