Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

09 Agosto de 2020 | 11h04 - Actualizado em 09 Agosto de 2020 | 12h11

Presidente da LIMA prioriza formação e emprego

Luanda - A presidente reeleita da Liga da Mulher Angolana (LIMA), Helena Bonguela, promete priorizar, neste segundo mandato, acções de advocacia a favor das mulheres vítimas de injustiça social, falta de oportunidades na formação e desemprego.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Encerramento do congresso da LIMA

Foto: NELSON MALAMBA

Presidente reeleita da LIMA, Helena Bonguela Abel

Foto: NELSON MALAMBA

Helena Bonguela, que falava na cerimónia de tomada de posse para um segundo mandato, apontou ainda como prioridade a preparação da LIMA para as eleições autárquicas e gerais.

A vencedora obteve 378 votos (61,36 por cento), superando as  concorrentes Manuela dos Prazeres, com 208 (33,76%) e Domingas Njungulo, que foi escolhida por 30 delegadas (4,87 por cento).

Entretanto, Manuela dos Prazeres contestou  os resultados, considerando não pactuar com vícios eleitorais, sem mais aprofundar.

Dos Prazeres não aceitou falar a imprensa para justificar o seu pronunciamento.

Por seu turno, o presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, realçou  que o braço feminino do partido carrega lições de conquista de igualdade de oportunidades  e da dignidade das mulheres, sob inspiração dos princípios e dos valores políticos.

Adalberto Costa Júnior avançou que o IV Congresso reforçou a capacidade de abordagem directa dos assuntos da LIMA e da sociedade.

O líder político aconselhou, por outro lado, as mulheres a se preocuparem mais com o empoderamento,  formação, estabilidade económico e financeira.

O Congresso realizado em sete regiões do país, por força da pandemia da Covid-19, contou com a participação de 621 delegadas votantes.

Helena Bonguela está no comando da organização desde 2015.

Leia também
  • 09/08/2020 11:18:56

    LIMA procede alterações na sua estrutura orgânica

    Luanda - A Liga da Mulher Angolana ( LIMA), braço feminino do partido Unita , procedeu alterações na sua estrutura orgânica, com a introdução de uma segunda vice-presidente.

  • 08/08/2020 18:52:39

    MPLA elege novo primeiro secretário provincial no Uíge

    Uíge - O Comité Provincial do MPLA no Uíge elegeu hoje, sábado, Sérgio Luther Rescova como seu primeiro secretário, com 522 votos, em substituição de Pinda Simão, que liderou o partido na região durante três anos.

  • 08/08/2020 15:42:41

    LIMA prevê introduzir uma segunda vice-presidente na organização

    Luanda - A Liga da Mulher Angolana (LIMA), organização feminina do partido UNITA, prevê, no próximo quadriénio, introduzir na sua estrutura o cargo de segunda vice-presidente durante as eleições do IV Congresso, que decorre desde sexta-feira.