Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Política

17 Setembro de 2020 | 18h31 - Actualizado em 17 Setembro de 2020 | 20h09

Melhor forma de honrar Neto é preservar a paz - diz governador

Lubango - A melhor forma de honrar a memória do primeiro Presidente de Angola e fundador da Nação, António Agostinho Neto, é preservar a paz e consolidar a democracia no país disse hoje, quinta-feira, na cidade do Lubango, o governador da Huíla, Luís Nunes.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Numa mensagem em saudação ao 17 de Setembro, Dia do Fundador da Nação e do Herói Nacional, referiu que o legado de Agostinho Neto conduz os angolanos a caminhar com confiança no futuro, de forma a solidificar a paz e a democracia no país.

Apelou a população a seguir o exemplo de patriotismo e humanismo de António Agostinho Neto, na hora de acatar as orientações das autoridades na luta contra a Covid-19.

Cuando Cubango

Menongue - O governador da província do Cuando Cubango, Júlio Bessa, disse que António Agostinho Neto dedicou a sua juventude à causa mais nobre do povo angolano e deixou um legado de honra cuja dimensão transcende as fronteiras de Angola.

Júlio Bessa fez estas declarações quando discursava no acto provincial das comemorações do 17 de Setembro, tendo realçado que Agostinho Neto foi um líder cujo pensamento político incluía a preocupação de libertar todos os povos do mundo ainda submetidos à opressão.

De acordo com o governante, falar de Agostinho Neto é tarefa árdua e honrosa uma vez que o seu percurso político é preenchido de momentos de luta, empenho, dedicação e glória.

Uíge

Uíge - O legado do Presidente Agostinho Neto, figura de proa do movimento nacionalista e cultural angolano, deve ser reforçado nos conteúdos de todos os níveis de ensino do país, defendeu o segundo secretário provincial do MPLA do Uíge, Pedro Conga.

Ao falar num encontro sobre “A vida e Obra de Agostinho Neto”, o também deputado à Assembleia Nacional referiu que os ensinamentos de Agostinho Neto estão actuais servem de referência para a consolidação da paz, unidade nacional e melhoria das condições de vida do povo.

Salientou que as frases de Agostinho Neto são modelos inspiradores para as novas gerações.

Bié

Cuito - O governador da província do Bié, Pereira Alfredo, reiterou hoje (quinta-feira), na cidade do Cuito, que o 17 de Setembro, Dia do Fundador da Nação e do Herói Nacional, serve para uma reflexão profunda sobre o futuro do país.

Ao falar no acto provincial das comemorações do 17 de Setembro, Pereira Alfredo salientou que honrar a memória e os ensinamentos de Agostinho Neto é preservar a independência nacional, a soberania do território, a paz e cultivar a reconciliação nacional, a estabilidade e a unidade, visando estimular o desenvolvimento do país.

Na ocasião, foi ainda dissertada uma palestra sobre o “Percurso histórico do saudoso presidente Dr. António Agostinho Neto”, tendo como prelector António Filipe, deputado da bancada parlamentar do MPLA, que considerou o fundador da Nação um símbolo de unidade nacional, homem de paz, que lutou para a proclamação da independência nacional.

Ainda na esteira do 17 Setembro, a localidade da Vila Graça, arredores da cidade do Cuito, ganhou uma escola de oito salas de aulas, para albergar 800 alunos do ensino primário e do I ciclo do ensino secundário, em dois períodos.

Construída no âmbito do Programa de Combate à Pobreza da Administração Municipal do Cuito, em parceria com a Organização Não Governamental (ONG) americana RISE, a infra-estrutura foi inaugurada pelo Governador do Bié, Pereira Alfredo.

A escola, cujo valor empregue na sua construção não foi revelado, comporta biblioteca, sala de reuniões, sala de professores, gabinetes para directores, quartos de banhos, parque para estacionamento de viaturas, entre outros compartimentos.

Para assegurar o cumprimento das normas de biossegurança, no quadro do combate à Covid 19, foi instalado um equipamento para fornecer água potável.

Zaire

Mbanza Kongo - Duas novas escolas primárias, de quatro e seis salas de aulas, respectivamente, com a capacidade de acolherem 600 alunos, em dois turnos, foram inauguradas hoje, quinta-feira, no município do Cuimba, província do Zaire, no âmbito do 17 de Setembro.

O estabelecimento de seis salas de aulas está situado no bairro Mbanza Kongo, enquanto a escola com quatro salas de aulas situa-se na localidade de Lumueno, ambas inauguradas pelo governador provincial do Zaire, Pedro Júlia.

Lunda Sul

Saurimo - Jovens do município de Saurimo, província da Lunda Sul, consideraram actual o poema de António Agostinho Neto “Havemos de Voltar”, por ser uma realidade o regresso de muitas pessoas às terras de origem, principalmente ao interior do país.

Durante um debate, numa mesa redonda sobre a vida e obra de Agostinho Neto, os jovens salientaram que o poema foi escrito num contexto histórico diferente do actual, mas o conteúdo da mensagem e actual.

Os jovens, consideraram Agostinho Neto um líder visionário e um homem que previa o futuro, com clareza.

Advogaram a necessidade dos jovens estudarem mais as poesias de Agostinho Neto, por serem ricas em ensinamentos de patriotismo, reconciliação nacional, luta contra a exploração do homem pelo homem, entre outros valores.

Moxico

Luena - A vida e obra de Agostinho Neto está ligada à resistência contra o colonialismo e o combate pela independência de Angola disse hoje, quinta-feira, na cidade do Luena, o governador da província do Moxico, Gonçalves Muandumba.

O governador fez este pronunciamento quando intervinha numa cerimónia de deposição de uma coroa de flores no Monumento à Paz, em homenagem a Agostinho Neto, tendo frisado que o primeiro Presidente de Angola foi solidário como os povos da África do Sul, Namíbia e Zimbabué, na sua luta pela independência e soberania.

Destacou o empenho de Agostinho Neto na promoção do ensino, principalmente para os mais desfavorecidos, através do lançamento de campanhas de alfabetização pelo país.

No âmbito da efeméride, oitocenta famílias moradores dos bairros K5 e da Baúca, respectivamente, arredores da cidade do Luena, província do Moxico, beneficiam desde hoje, quinta-feira, de energia eléctrica, com a inauguração de dois postos de transformação da Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE).

Inaugurados no âmbito das comemorações 17 de Setembro, o Posto de Transformação (PT) do bairro K5 tem uma capacidade gerar de 250 kilovolts (KV) enquanto o do bairro da Baúca tem uma potência de 630 KVA.

O director da ENDE do Moxico, Manuel Nascimento, disse que a acção será contínua, no sentido de estender a rede de energia eléctrica a toda população da região.

Namibe

Tômbua - A administração Municipal do Tômbua, província do Namibe, ganhou, nesta quinta-feira, novos equipamentos para recolha de resíduos sólidos, actividade enquadrada no âmbito do 17 de Setembro.

Entre os meios, entregues pelo governador da província do Namibe, Archer Mangueira, destacam-se um camião basculante, uma máquina pá carregadora, uma retroescavadora, quatro cassambas para recolha de lixo, três carroças basculantes e um tractor.

Esses equipamentos foram adquiridos no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e visam melhorar o saneamento básico da cidade do Tômbua.

Na ocasião, o governador ofereceu três motorizadas para recolha de lixo a duas cooperativas de Antigos Combatentes Veteranos da Pátria, assim como entregou as chaves de 12 quiosques construídos na praia das Casuarinas, projecto que visa fomentar o turismo e gerar renda para famílias que se encontravam desempregadas.

Cuanza Norte

Ndalatando - Dezasseis Jovens, incluindo ex-militares residentes no município do Cazengo, província do Cuanza Norte, beneficiaram nesta quinta-feira, em Ndalatando, de materiais de trabalho do programa de empoderamento e combate à pobreza, no âmbito do 17 de Setembro.

Os beneficiários receberam da Administração Municipal do Cazengo equipamentos de serralharia, marcenaria, alvenaria e bancadas móveis para venda ambulante, visando a promoção do auto-emprego e reintegração social dos jovens.

O acto de entrega foi orientado pela administradora municipal adjunta do Cazengo para área Social e Apoio às comunidades, Nári Aguiar, que apelou aos beneficiários a fazerem bom uso dos meios e criarem empregos para outros jovens.

Agostinho Neto nasceu a 17 de Setembro de 1922, em Caxicane, município Icolo e Bengo, de Luanda e faleceu a 10 de Setembro de 1979, em Moscovo, antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

Leia também
  • 17/09/2020 16:18:12

    Governadora encoraja à contínua transformação socioeconómica

    Luanda - A governadora da província de Luanda, Joana Lina, encorajou, nesta quinta-feira, a população a continuar a transformação socioeconómica do país, com vista a seguir o legado de António Agostinho Neto, primeiro Presidente do país e fundador da Nação.

  • 17/09/2020 14:27:23

    Vice-presidente da República rende homenagem a Agostinho Neto

    Luanda - O vice-presidente da República, Bornito de Sousa, rendeu homenagem a António Agostinho Neto, o nacionalista que a 11 de Novembro de 1975, proclamou Angola como Estado independente do regime colonial português.

  • 17/09/2020 01:02:58

    Angola assinala dia do Herói Nacional

    Luanda - Angola comemora nesta quinta-feira o 17 de Setembro, Dia do Herói Nacional, uma data em que se exaltam as qualidades políticas e culturais do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto, um poeta de respeito, um "caso de permanente estudo".