Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

07 Junho de 2018 | 17h57 - Actualizado em 07 Junho de 2018 | 17h55

Ordenamento da província com vestígios do passado - arquitecto

Caxito - O ordenamento da província do Bengo tem vestígios do passado e que as suas acções são bastante exíguas, afirmou hoje, quinta-feira, em Caxito, o arquitecto Rafael da Costa António, no primeiro fórum provincial das Infraestruturas e Serviços Técnicos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Bengo: Arquitecto Rafael António

Foto: Adão João Pedro

Em declarações à imprensa, no final da dissertação sobre “Sistema de ordenamento territorial criado pela Lei do ordenamento do território e do urbanismo angolano”, referiu que o evento servirá para que a nível das estruturas locais que superintende o ordenamento do território haja um posicionamento diferente e começar a pensar em ordenar a circunscrição para o seu melhor desenvolvimento.

Referiu que com a apresentação deste tema a província do Bengo tem muito a ganhar na medida em que se vai apresentar a hierarquia dos planos de ordenamento territorial.

Segundo Rafael António, quadro sénior do Ministério do Ordenamento do Território e Habitação, os conhecimentos transmitidos aos técnicos locais poderão melhor estruturar o desenvolvimento da província do Bengo.

O encontro que decorre sob o lema “Ordenar e infraestruturar o território para melhor habitar” conta com a participação de administradores, directores municipais e quadros seniores do sector, entre outros convidados.

Por sua vez, o director do Gabinete provincial das Infraestruturas e Serviços Técnicos, Edgar dos Santos Hilário, afirmou que a realização do fórum permitirá a tomada de decisão e contribuição gradual para o crescimento da província do Bengo.

Ao intervir no 1º fórum alargado das Infraestruturas e Serviços Técnicos, o responsável explicou que o evento visa balancear e analisar estratégias para a melhoria do sector e do ordenamento do território na província.

Segundo Edgar Hilário, durante dois dias os participantes vão discutir com seriedade em quatro módulos alguns temas da actualidade, com destaque para organização do sistema do território, o cadastro das terras, a gestão e manutenção das infraestruturas públicas, gestão e manutenção da rede de infraestruturas rodoviárias na província, entre outros.

Assuntos Província » Bengo  

Leia também
  • 05/06/2018 18:12:27

    Degradação das pontes do Panguila e Kifangondo restringe tráfego automóvel

    Caxito - A degradação das pontes do Kifangondo sobre o rio Zenza e do Panguila sobre a lagoa com o mesmo nome, no município do Dande, província do Bengo, está a restringir o trânsito automóvel e dificultar a ligação com a capital do país (Luanda) e vice-versa.

  • 04/06/2018 17:48:18

    Maior ravina da província está a ser estancada

    Caxito - A maior ravina e que mais preocupava o governo da província do Bengo começou já a ser intervencionada pelo Fundo Rodoviário, por orientação do Ministério da Construção, no município do Pango Aluquém, constatou hoje, segunda-feira, a Angop.

  • 04/05/2018 05:42:31

    Residências inacabadas no Pango Aluquém serão entregues aos munícipes

    Pango Aluquém - Vinte casas inacabadas na comuna do Cazuangongo, no município do Pango Aluquém, inseridas nos 200 fogos habitacionais, serão entregues aos munícipes que tenham capacidade para concluí-las, anunciou quinta-feira a governadora provincial do Bengo, Mara Quiosa.