Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

14 Junho de 2018 | 19h55 - Actualizado em 14 Junho de 2018 | 19h55

Apresentado projecto de requalificação da vila e do santuário da Muxima

Luanda - O projecto de requalificação da vila e do santuário da Muxima, no município da Kissama, em Luanda, foi apresentado hoje (quinta-feira) à comissão multissectorial para a implementação do projecto de requalificação da vila da Muxima e arredores.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Segundo o director-geral do Gabinete de Obras Especiais, Leonel Pinto da Cruz, o projecto visa a requalificação da vila, santuário da Muxima e a construção da basílica, que será implantado numa área de 90 hectares, dos quais nessa fase de intervenção os trabalhos serão em 40 hectares.
A fonte referiu que nos 40 hectares está incluída a requalificação da vila, o santuário e a edificação da basílica, este ultima numa área de 18 mil metros quadrados e com capacidade para acomodar na sua parte interna cerca de quatro mil e 600 pessoas sentadas, bem como o seu arranjo urbanístico.
Disse que a variante urbana da basílica incide na construção de uma praça pública com capacidade de  peregrinação de 200 mil devotos e outras cinco mil dentro do santuário.

De acordo com o programa de requalificação, os outros 50 hectares restante serão uma zona de crescimento para a infra-estrutura rodoviária em torno do perímetro do projecto.

O projecto trará ainda cerca de 114 mil metros quadrados de áreas de estrada, com uma largura média de 10 metros, e cerca de dez a 12 quilómetros de novas e recuperação de vias, estacionamento para três mil viaturas ligeiras e cerca de 50 mil metros quadrados de implantamento paisagístico.

Também estão acautelados neste programa a construção um centro médico, administração local, comando da polícia nacional, escola, centro comunitário, edifício do clero, área de loteamento para residências familiares, campo de campismo, edificação de infra-estruturas para áreas dos edifícios de habitação e comércio, estação de energia e de tratamento de água potável e residual.

Salientou que o programa visa criar um espaço religioso, integrar a componente urbana, contribuindo assim para uma melhoria da qualidade de vida da comunidade local, da riqueza socio-cultural, bem como estimular à atracção excepcional para a qual a população incentivar a criação de emprego, fontes de renda, contribuindo, assim de para o desenvolvimento turístico.

"Também serão desenvolvidos esforços para que seja um espaço de capitação de receitas e de estudo de parceria público-privada para se explorarem as componentes do sector da área imobiliária, turística, hoteleira que farão parte do contexto desta requalificação", acrescentou.

Explicou os princípios fundamentais que norteiam o plano é a preservação dos edifícios com valores históricos, a preservação cultural, a requalificação urbana, sustentabilidade ambiental e social, a ecologia, preservação da comunidade habitacional existente e a sua sustentabilidade.

Leia também
  • 01/11/2018 11:16:19

    Degradação da via Mussende /Cangandala preocupa automobilistas

    Sumbe - Os automobilistas que circulam na estrada Mussende/Cangandala manifestaram-se hoje (quinta-feira) preocupados com o estado de degradação da via, por estar a criar constrangimentos à circulação.

  • 21/10/2018 23:46:08

    Uíge: Reabilitação da estrada Uíge/Dambi/Negage termina em 2019

    Uíge - A reabilitação e ampliação da estrada entre os municípios do Uíge e do Negage, passando pela aldeia do Dambi, num percurso de 40 quilómetros ficam concluídas em 2019, informou hoje, sábado, o primeiro secretário do Comité Provincial do Uíge do MPLA, Mpinda Simão.

  • 28/09/2018 19:22:47

    Administradora municipal destaca construção de infraestruturas

    Uíge - A administradora municipal de Cangola, Piedade Samuel Hebo, destacou hoje (sexta-feira) a construção e reabilitação de infraestruturas sociais como ganhos da circunscrição, desde a conquista da paz em 2002.

  • 27/09/2018 06:11:21

    Ravina ameaça destruir casas sociais na vila do Milunga

    Uíge - Três famílias do bairro residencial do Kilamba, na vila do Milunga, na província do Uíge estão na eminência de ficarem ao relento devido a uma ravina de 42 metros de profundidade que está a progredir em direcção às suas residências.