Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

09 Julho de 2018 | 12h20 - Actualizado em 09 Julho de 2018 | 17h53

Cuanza Sul: Equipa técnica estuda causas das calemas no Porto Amboim

Sumbe - Uma equipa técnica especializada vai na cidade de Porto Amboim, província do Cuanza Sul, elaborar um estudo sobre as marés e outras causas das fortes calemas que assolam a região, tendo em vista a sua contenção.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O facto foi revelado domingo pelo ministro da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida, que encabeçou uma delegação do pelouro que constatou os estragos provocados pelo fenómeno na localidade, referindo que a contenção das calemas passa por um trabalho especializado e multisectorial, que deve assentar no assoreamento dos locais mais críticos.

As calemas danificaram infra-estruturas habitacionais, hoteleiras e embarcações da pesca.

Por seu lado, o governador provincial do Cuanza Sul, Eusébio de Brito Teixeira, manifestou-se preocupado com a progressão das calemas na orla costeira, situação que segundo vaticinou, pode abrenger também a cidade do Sumbe.

Eusébio de Brito Teixeira louvou a iniciativa manifestada por empresários locais que pretendem juntar-se aos esforços de contenção das calemas até que surjam soluções definitivas.

"Estamos reconfortados com a posição da classe empresarial que pretende apoiar com máquinas e combustível a execução do programa de contenção", frisou.

Durante a visita de seis horas, o ministro da Construção e Obras Públicas visitou os locais onde as calemas destruíram infra-estruturas habitacionais, hoteleiras e embarcações.

Leia também