Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Reconstrução Nacional

05 Fevereiro de 2019 | 11h06 - Actualizado em 05 Fevereiro de 2019 | 16h51

Reposta circulação rodoviária entre Cuimba e Maquela do Zombo

Mbanza Kongo - A circulação rodoviária entre o município do Cuimba (Zaire) e o do Maquela do Zombo (Uíge) foi retomada nesta segunda-feira com a reinauguração da ponte sobre o rio Luangu, limítrofe entre as duas localidades.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A circulação neste itinerário foi interrompida há cerca de quatro anos, fruto da cedência da antiga estrutura metálica sobre o referido rio, provocada por erosão da base de sustentação, em consequência das chuvas.

A actual tem 21 metros de comprimento e quatro metros e 20 centímetros de largura, com a capacidade de suportar 30 toneladas.

Os trabalhos da reposição da ponte duraram 15 dias a cargo de uma brigada de engenharia militar do posto de comando da 52ª Brigada de Infantaria das Forças Armadas Angolanas (FAA) destacada no Cuimba em parceria com o Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA) no Zaire.

A reinauguração desta infra-estructura rodoviária esteve a cargo do governador provincial, Pedro Makita Armando Júlia, acto inserido nas comemorações do 58º aniversário do início da luta armada de libertação nacional (4 de Fevereiro).

A ponte sobre o rio Luangu delimita a comuna de Luvaka, município do Cuimba, da aldeia de Kindungu, município do Maquela do Zombo.

O director provincial do Zaire do INEA, Manuel Diangani, avançou que a estrutura metálica ora instalada tem uma vida útil de 30 anos.

Avançou, na ocasião, que a mesma funcionará a título provisório, prevendo-se, no futuro, a sua substituição por uma de betão armado, tão logo se concretize o projecto da pavimentação desta via.

Assegurou, ainda, que a brigada mecanizada do INEA prossegue com os trabalhos de terraplenagem de 38 quilómetros do troço entre a sede municipal do Cuimba e a comuna de Luvaca.

Luvaka dista a 35 quilómetros a nordeste da vila do Cuimba e possui uma população estimada em cinco mil e 92 habitantes que se dedicam à agricultura de subsistência.

O governador provincial, Pedro Makita Armando Júlia, augura, com a reinauguração desta ponte, a intensificação das trocas comerciais entre as duas províncias vizinhas, tendo enaltecido o esforço dos técnicos envolvidos na sua montagem.

O município do Cuimba dista a 62 quilómetros da sede provincial do Zaire, Mbanza Kongo.

 

Assuntos Pontes   Província » Zaire  

Leia também
  • 29/12/2018 14:05:50

    Defendida reabilitação das vias inter-comunais

    Soyo - A administradora municipal do Soyo, província do Zaire, Lúcia Maria Tomás, defendeu sexta-feira, nesta cidade, a reabilitação das vias inter-comunais para o fomento da actividade agrícola na região.

  • 24/12/2018 17:50:06

    Mau estado da via retarda desenvolvimento de Kaluka

    Mbanza Kongo - Os sessenta e cinco quilómetros da via de terra batida que parte do desvio da estrada nacional 210 em direcção à comuna de Kaluka, município de Mbanza Kongo, província do Zaire, encontram-se em estado avançado de degradação, facto que tem retardado o desenvolvimento desta localidade.

  • 24/12/2018 12:46:40

    Inauguração de pontes no troço Nzeto/Kindege melhora circulação

    Nzeto - Duas pontes de construção definitiva foram inauguradas nesta segunda-feira sobre os rios Nvemba e Zimu, no troço rodoviário entre a sede municipal do Nzeto e a comuna de Kindege, província do Zaire, em cerimónia orientada pela administrador municipal, Casimiro Ricardo.