Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

13 Janeiro de 2018 | 18h10 - Actualizado em 13 Janeiro de 2018 | 18h10

Angola: Ministra da saúde defende campanhas de sensibilização

Luanda - A ministra da saúde, Sílvia Lutucuta, defendeu este sábado, em Luanda, a promoção de campanhas de sensibilização, junto das comunidades, no sentido de disseminar a informação dos riscos que correm quando ignoram as medidas adequadas para prevenção de doenças.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministra da Saúde, Sílvia Lutukuta

Foto: Francisco Miúdo

A governante que falava à imprensa, após o lançamento da campanha "Nossa Luanda sem malária" constatou em algumas residências do bairro Cassequel do Buraco, distrito urbano da Maianga, acumulados de lixo, águas paradas e baldes descobertos, situações ponteciais para o surgimento de doenças.

Para sí, só sensibilizando a população e explicando, a importância de manter a higiene, cuidado com as áreas circunvizinhas, é que se vai dar melhor resposta aos problemas de saúde.

Disse ser necessário informar mais a população desse bairro, sobre os cuidados com o saneamento básico, por sr uma localidade propensa ao surgimento de malária, contando para o efeito com o apoio das autoridades tradicionais, igrejas e comissões de moradores.

A actividade enquadrou-se nos festejos do 442º aniversário da fundação da cidade Luanda, a comemora-se no dia 25 de Janeiro.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também