Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

12 Fevereiro de 2018 | 15h46 - Actualizado em 12 Fevereiro de 2018 | 15h46

Indisponibilidade de vacina anti-rábica dificulta atendimento - Responsável

Ondjiva - O Hospital Geral de Ondjiva, província do Cunene, regista, desde o decurso do ano de 2017, a indisponibilidade de vacinas anti-rábica humana, o que dificulta o atendimento de pacientes vítimas de mordedura de animais, fez saber hoje (segunda-feira) a chefe da área de Vigilância Epidemiológica da instituição sanitária, Augusta Catumbo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à Angop,  a fonte referiu que a rotura persiste desde 2017, embora já se tenha solicitado à Direcção Nacional de Saúde Pública no sentido de resolver a situação, aguardando-se pela solução.

Augusta Catumbo explicou que, para atenuar a situação, os pacientes beneficiam, apenas, dos primeiros socorros, consubstanciados na vacina anti-tetânica, na lavagem do local da mordedura, bem como do seu encaminhamento aos hospitais da República da Namíbia, a fim de beneficiarem da referida vacina.

Em balanço, a responsável indicou que, durante o ano de 2017, a unidade sanitária registou seis mortes, das quais cinco crianças e um adulto, resultante da raiva, tendo alertado aos proprietários de animais de estimação para cumprirem, regularmente, com as vacinas.

Leia também
  • 06/03/2018 18:56:59

    Rastreio da malária abrange mais de 43 mil pessoas na fronteira com a Namíbia

    Ondjiva - Quarenta e três mil e 261 pessoas dos municípios do Curoca, de Namacunde e de Ombadja, província do Cunene, foram submetidas, de Setembro de 2017 a Fevereiro do corrente ano, aos testes de diagnóstico e controlo da malária, visando o rastreio da doença ao longo da fronteira com a Namíbia, informou hoje (terça-feira) a directora da Unidade de Gestão do Projecto de "Eliminação da malária E8 - Angola/Namíbia", Anna Johonsson.

  • 06/03/2018 13:39:17

    Saúde necessita de reagentes para analise de CD4

    Ombadja - O serviço de Saúde Pública no município de Ombadja, 96 quilómetros de Ondjiva, capital da província do Cunene, está desde Janeiro deste ano com carência de reagentes para testar o nível de CD4 aos mil e 888 pessoas portadoras do vírus da Sida.

  • 05/03/2018 15:41:01

    Responsável advoga criação de serviços materno infantil

    Ondjiva - A necessidade da criação de uma unidade específica dos serviços materno-infantil na província do Cunene foi defendido hoje, segunda-feira, pelo director do Hospital Geral de Ondjiva, Fernando Shomongula, com vista a garantir um serviço de saúde mais humanizado.

  • 26/02/2018 10:49:51

    Saúde em Oshimolo necessita de novos técnicos de enfermagem

    Ondjiva - Dezasseis novos técnicos de saúde são necessários para assegurar o pleno funcionamento do sector na comuna de Oshimolo, município do Cuanhama, província do Cunene, informou, domingo, a sua responsável, Anactória Ndakola.