Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

10 Março de 2018 | 18h55 - Actualizado em 12 Março de 2018 | 07h06

Doutoramento em saúde resulta da necessidade de formação no país

Luanda - O curso de doutoramento em saúde vem responder à necessidade do país de quadros altamente diferenciados, para a investigação, a formação e a gestão de programas e projectos, afirmou, sábado, em Luanda, a ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação (Mescti), Maria do Rosário Bragança Sambo.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, Maria do Rosário Bragança Sambo

Foto: Pedro Parente

Falando na abertura do primeiro curso de doutoramento em saúde (Ciências Biomédicas), frequentado por 25 médicos formados na Faculdade de Medicina da Universidade Agostinho Neto (UAN), a governante referiu que a acção formativa vai facilitar a prestação de serviços de saúde nas doenças prioritárias, como a malária, tuberculose, VIH/Sida, entre outras.

Maria do Rosário Bragança Sambo enalteceu a organização, seriedade e empenho da Faculdade de Medicina e do Centro de Estudos em Educação Médica (CEDUMED), no desenvolvimento do referido projecto.

Destacou a parceria com o Instituto de Higiene e Medicina Tropical de Lisboa, (IHMT), considerando-o “um parceiro europeu de excelência nesta matéria”.

Durante o acto, foi rubricado um protocolo entre a UAN e o IHMT sobre o funcionamento do Doutoramento e um memorando entre a UAN e o Banco Millenium Atlântico, na presença do presidente em exercício da 6ª comissão da Assembleia Nacional, Pereira Alfredo, do director do Gabinete de Quadros do Presidente da República, Edson Barreto, entre outras personalidades.

Assuntos Saúde  

Leia também
  • 06/02/2019 09:39:53

    Técnicos aprimoram técnicas de prevenção da tuberculose na Matala

    Matala - Catorze agentes de saúde comunitária do município da Matala participaram terça-feira numa formação sobre prevenção, controlo e tratamento da Tuberculose e HI/Sida.

  • 05/02/2019 18:39:07

    Mais de vinte e oito mil mulheres aderem ao planeamento familiar

    Lubango - Vinte oito mil e 264 novas mulheres em idade fértil aderiram ao Programa de Planeamento Familiar em 2018 nas diversas unidades hospitalares da província da Huíla, um aumento de treze mil e 57 pacientes em relação a 2017.

  • 05/02/2019 14:08:39

    Doenças à espreita nos mercados a céu aberto

    Luanda - Frequentados há mais de 20 anos, os mercados a céu aberto ganharam o "rótulo" de principal ponto de venda de produtos a retalho em Luanda, essencialmente os do ramo alimentar. Todos os dias, atraem milhares de clientes, em busca de diversidade e baixos preços.

  • 02/02/2019 23:37:11

    Município de Kimbele ganha hospital de referência

    O município de Kimbele que dista a 261 quilómetros da cidade do Uíge, sede capital da província, conta com um novo hospital de referência, inaugurado este sábado, pelo governador local Mpinda Simão.