Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

10 Julho de 2018 | 12h37 - Actualizado em 10 Julho de 2018 | 12h37

População deve melhorar saneamento para evitar casos de sarna

Moçamedes - Técnicos da saúde no município de Moçamedes, província do Namibe, estão neste mês a sensibilizar a população para reforçar as medidas de saneamento básico e da higiene pessoal, por forma a evitar-se e combater casos de sarna registado ultimamente nas comunidades, sobretudo, em crianças.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A Angop constatou hoje, terça-feira, que nos hospitais, centros e postos de saúde, situados nos diferentes bairros periféricos desta cidade, os técnicos de saúde, durante as consultas externas aconselham a população à melhorar o saneamento do meio em que vivem, com destaque para a recolha do lixo, tratamento da água e de utensílios de cama e roupa.

A população é ainda aconselhada a manter a higiene pessoal, como uma das principais vias para se evitar a sarna, pois quanto mais sujidade estiver no corpo humano maior é a probabilidade de se apanhar a doença.

Dados estatísticos da Saúde na província do Namibe apontam que durante o II trimestre do ano em curso foram registados mil e 84  casos de sarna, sem óbitos. Em igual período anterior o sector registou mil 110 casos sem vítimas.

Numa ronda efectuada pela Angop, apurou-se que os casos de sarna regista-se mais nos bairros 5 de Abril, Boa Esperança e Valódia, onde as crianças passam o dia a brincar na areia e no cair da tarde os pais não têm o cuidado de dar banho, causando assim uma comichão ao corpo que vai se alastrando e contaminando a família.

Assuntos Província » Namibe   Saúde  

Leia também
  • 10/07/2018 07:16:04

    Mais de 40 abortos provocados são registados no Lubango

    Lubango - Mais de 40 casos de abortos provocados por mulheres entre os 15 a 26 anos de idade são registados semanalmente na Maternidade Central do Lubango “Irene Neto”, alguns dos quais acabam em morte, informou a directora-clínica da unidade, Juliana Kinanga da Encarnação.

  • 09/07/2018 14:16:37

    Hospital prevê implementar consultas em telemedicina

    Saurimo - O Hospital Geral da Lunda Sul (HGL) prevê nos próximos tempos a implementação de consultas de especialidades a distância (telemedicina), com vista a facilitar a assistência médica e medicamentosa com qualidade, informou hoje, segunda-feira, a directora do Gabinete provincial da Saúde, Maria Segunda.

  • 09/07/2018 14:14:19

    Registados 470 casos de mal nutrição no Namibe

    Moçamedes- Quatrocentos e setenta casos de má nutrição foram registados nos últimos três mês do ano em curso (Abril, Maio e Junho), na província do Namibe, em crianças dos zero aos cinco anos de idade, tendo causado a morte de seis.