Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

03 Março de 2019 | 18h13 - Actualizado em 03 Março de 2019 | 18h58

INEMA Central aumenta número de técnicos no desfile do carnaval

Luanda - Para garantir um carnaval mais festivo, o Instituto Nacional de Emergências Médicas de Angola (Inema) vai, no dia do desfile central, 5 de Março, aumentar de 23 para 50, os técnicos que vão acudir situações de emergência na Nova Marginal, que acontece desde sábado.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

INEMA apoia carnaval 2019

Em declarações à Angop, António Neto, chefe de supervisão do grupo a ser destacado, fez saber que desde sábado o atendimento, na Nova Marginal, está sendo efectuado por técnicos da província de Luanda, num número de 23, com três médicos e 16 enfermeiros.

"No dia 05 de março, estarão destacados sete médicos, 17 enfermeiros, um psicólogo e 11 outros técnicos especializados em emergências médicas, do Inema Central, que serão coadjuvados pelos da província de Luanda", sublinhou.

Para além dos técnicos, estarão igualmente à disposição seis ambulâncias com suporte de vida avançado e um posto avançado, com medicamentos e meios de diagnóstico.

Desde o primeiro do desfile, no dia 02 de Março, os técnicos do Inema provincial, que no dia 05 vão integrar o grupo do Inema central, atenderam perto de 20 pessoas, sendo oito por desmaios provocados por ingestão insuficiente de água, ou seja, pela desidratação.

Acrescentou que os possíveis casos graves serão transferidos para os hospitais, de acordo com a sua especificidade.

Entretanto, apela a população no sentido de prevenir-se contra a desidratação, consumindo bastante água devido ao clima quente, e a evitar fazer-se ao mar em estado de embriaguez ou depois de uma refeição.   

O INEMA conta com 104 ambulâncias com suporte avançado e básico, 478 técnicos, sendo 33 médicos,  32 enfermeiros licenciados , 128 médios e 104 auxiliares, 116 motoristas especializados, 19 telefonistas, entre outros.

Assuntos Serviços de saúde  

Leia também
  • 01/03/2019 16:58:56

    Rede sanitária do Cuando Cubango com 112 unidades

    Menongue - Cento e doze unidades sanitárias dão cobertura a assistência médica e medicamentosa no Cuando Cubango, distribuídas nos nove municípios da província, a segunda maior do país, em termos territorial, depois do Moxico.

  • 28/02/2019 17:36:56

    Minsa busca parceria portuguesa para Hospital Geral do Cuando Cubango

    Menongue - Os governos de Angola e de Portugal procuram mecanismos para, no âmbito da cooperação bilateral no domínio da saúde, dotar o Hospital Geral do Cuando Cubango de médicos de diversas especialidades, avançou nesta quinta-feira, em Menongue, o secretário de Estado para a área hospitalar, Leonardo Europeu Inocêncio.

  • 27/02/2019 17:49:21

    Sete unidades hospitalares garantem assistência no Cuangar

    Menongue - Dois centros médicos e cinco postos de saúde são as unidades hospitalares que garantem, actualmente, atendimento à população do município do Cuangar, fronteiriço com a Namíbia, situado a mais de 200 quilómetros a sudeste de Menongue, capital do Cuando Cubango.