Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

27 Julho de 2019 | 16h33 - Actualizado em 27 Julho de 2019 | 16h31

Mais de mil cidadãos beneficiam de assistência médica gratuita

Luanda - Pelo menos mil cidadãos residentes no Distrito Urbano do Talatona, em Luanda, beneficiaram hoje (sábado) de assistência médica-medicamentosa gratuita, no âmbito da Primeira Feira da Saúde, organizada pela Igreja Teosófica Espírita, em parceria com a Clínica Graça Esperança.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Feira de Saúde ( arq.)

Foto: angop

Os pacientes, criancas e adultos, beneficiaram de consultas de clinica geral, no quadro da responsabilidade social da igreja como parceira do Estado, com vista a contribuir para a   resolução de alguns problemas que afectam a população, assim como inculcar a cultura de efectuar consultas de rotina.

A  líder espiritual da Igreja Teosófica Espírita , profetisa Suzete João, informou que a  congregação, como parceira do Estado,  tem o dever de ir ao encontro dos cidadãos que enfrentam dificuldades.

 Referiu que a feira visa efectuar o rastreio de diversas patologias e realizar consultas aos cidadãos sem possibilidades de pagar a assistência médico- medicamentosa.

De acordo com a líder religiosa,  esta acção  faz parte do programa da  Igreja Teosófica Espírita e neste momento conta como o apoio de várias instituições, como centros médicos, farmácias e cidadãos voluntários.

Disse que a congregação continuará a fazer o acompanhamento dos casos mais graves, encaminhados para unidades hospitalares.

Informou que a instituição prevê realizar acto idêntico no município do Cazenga, com o propósito de ir ao encontro da população mais carente.

 A representante da Direcção da Saúde no Talatona,  Júlia  de Sousa,  enalteceu esta iniciativa,  referindo que a malaria é a patologia  que se regista com maior frequência na circunscrição.

Assuntos Angola   Saúde  

Leia também
  • 26/07/2019 17:30:08

    Trinta e seis crianças nascem livres de VIH no Moxico

    Luena - Trinta e seis crianças nasceram livres do VIH/Sida e uma infectada no período de Janeiro a Junho, na maternidade provincial do Moxico, entre as 270 mulheres que seguiram o Programa de Prevenção de Transmissão Vertical (PTV), no âmbito da campanha Nascer Livre para Brilhar.

  • 24/07/2019 19:54:46

    Fábrica de oxigénio da Pediatria do Sumbe está paralisada

    Sumbe - A fábrica de oxigénio do Hospital Pediátrico do Sumbe, província do Cuanza Sul, com capacidade de encher 288 botijas/dia, está paralisada há mais de um ano, devido a avaria dos compressores, informou nesta quinta-feira fonte hospitalar.

  • 24/07/2019 16:55:34

    Angola advoga reforço na resposta ao surto do Ébola na RDC

    Addis-Abeba - O embaixador de Angola na Etiópia, Francisco da Cruz, considerou importante reforçar-se as iniciativas da União Africana (UA) na procura de respostas à epidemia do Ébola na RDC, a fim de se evitar a sua propagação a outros países da sub-região.