Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

06 Julho de 2020 | 14h57 - Actualizado em 06 Julho de 2020 | 15h23

Covid-19: Alfaiates disponibilizam máscaras grátis à população

Menongue - Doze membros da Associação de Alfaiates do Cuando Cubango juntaram-se, nesta segunda-feira, ao governo na prevenção e combate à Covid-19, com a confecção e entrega de máscaras faciais gratuitamente à população.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Em declarações à imprensa, o coordenador da associação, Feliciano Costa, explicou que a principal motivação é o facto de existirem no Cuando Cubango pessoas sem capacidade financeira para comprar uma máscara, cujos preços variam entre 200 a 500 Kwanzas.

“Na nossa província existem, infelizmente, pessoas vulneráveis. Pensamos que nem todo mundo consegue comprar uma máscara de 200 ou 500 Kwanzas, por isso decidimos trabalhar para ajudar a população”, realçou.

Avançou que a associação prevê confeccionar e oferecer 500 máscaras diariamente.

Leia também
  • 17/06/2020 16:51:37

    Covid-19: Crianças beneficiam de material de biossegurança

    Menongue - Quatro mil 250 crianças, com idades entre seis e 17 anos de idade, de aldeias do município de Menongue, província do Cuando Cubango, beneficiaram na terça-feira de merenda e material de biossegurança, no âmbito das medidas preventivas contra a covid-19.

  • 06/06/2020 16:37:20

    Covid-19: Cuando Cubango recebe equipamentos de biossegurança

    Menongue - A província do Cuando Cubango foi reforçada, na sexta-feira, pelo Ministério da Saúde, com 15 toneladas de equipamentos de biossegurança, no âmbito da prevenção e combate à covid-19.

  • 02/06/2020 19:29:55

    COVID-19: Cuando Cubango com 30 cidadãos em quarentena

    Menongue - Trinta cidadãos angolanos estão em quarentena domiciliar e institucional, na província do Cuando Cubango, sob acompanhamento das autoridades sanitárias, no âmbito da prevenção e combate à pandemia da covid-19.