Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Saúde

03 Agosto de 2020 | 17h55 - Actualizado em 03 Agosto de 2020 | 20h43

"Nascer livre para brilhar" com aumento de adesão no Huambo

Huambo - Mil e 661 gestantes efectuaram o teste de VIH/Sida, de Janeiro a Junho deste ano, no Centro de Saúde do Benfica, arredores da cidade do Huambo, no âmbito do programa "Nascer livre para brilhar", o que corresponde a mais 430 em relação a igual período de 2019.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Os dados foram avançados hoje, segunda-feira, à Angop, pela ponto focal do programa do VIH/Sida nesta unidade sanitária, Adelina Mariano, que realçou ser essa adesão resultado de campanhas de aconselhamento às senhoras para realização do teste de VIH, dos quais 23 resultaram positivo.

Prosseguiu que estas gestantes seropositivas têm estado a beneficiar de um tratamento com antiretrovirais em comprimidos, o que para além de permitir que tenham mais tempo de vida, ajuda a prevenir a criança à nascença.

Adelina Mariano fez saber ainda que, no período em balanço, nasceram quatro bebés com base no processo de corte da transmissão vertical, sendo que o estado serológico destes só será conhecido depois de 18 meses de vida.

Prosseguiu que, para além destes recém-nascidos, neste momento, o centro está a acompanhar 34 crianças expostas ou seja nascidas de mães seropositivas, que só poderão ser consideradas saudáveis, em relação a esta doença, após o período acima referido.

Estas crianças, que apesar do estado serológico das mães precisam do leite materno até aos 15 meses de vida, são medicadas com xaropes como Zidovidina, Neverapina e Cotrimixiclizol, sendo que em relação a este último o centro não dispõe.

“Infelizmente, para este medicamento que o bebé precisa começar a tomar após as 12 semanas de vida, com vista a estar livre da pandemia, os países são obrigados a comprar, situação complicada, porque muitos vivem em situações económicas preocupantes, que os obriga, muitas vezes, também a desistir da medicação”, informou.

Deste modo, apelou as organizações da sociedade civil e pessoas singulares, no sentido de apoiaram com alimentação e medicação as pessoas que vivem com VIH/Sida, mas em situação de carência, assistidas no Centro de Saúde do Benfica e não só, com vista a terem uma vida mais condigna.

Exortou também todas as parturientes e demais pacientes que desistiram do tratamento para afluírem a esta instituição de saúde, com vista a manterem o tratamento em relação ao seu estado serológico.

A campanha nacional “Nascer Livre para Brilhar”, que visa eliminar a transmissão do VIH-Sida de mãe para filho, foi lançada em Dezembro de 2018, no Luena (Moxico), pela primeira-dama da República de Angola, Ana Dias Lourenço.

O Centro de Saúde do Benfica, localizado no bairro com o mesmo nome, arredores da cidade do Huambo, tem capacidade de 10 camas, e conta com 41 técnicos médios e superior de enfermagem, de diagnóstico, terapeuta e auxiliares, que assistem uma população estimada em cerca de 500 mil habitantes.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 30/07/2020 21:20:11

    Covid-19: JMPLA aconselhada a reforçar prevenção

    Caála - Os militantes da JMPLA no município da Caála, província do Huambo, foram aconselhados, nesta quinta-feira, a reforçar as medidas de prevenção, através de campanhas de sensibilização nas comunidades, de modo a evitar possíveis contágios da Covid-19.

  • 24/07/2020 15:39:29

    Centro de Saúde da Luvemba beneficia de obras de restauro

    Huambo - O Centro de Saúde da comuna da Luvemba, município do Bailundo, 107 quilómetros da cidade do Huambo, está ser reabilitação e apetrechado, visando melhorar a qualidade dos serviços prestados à população, no âmbito do Programa Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM).

  • 23/07/2020 15:24:31

    Saúde encerra farmácia por falta de higiene

    Huambo - Uma farmácia localizada na Avenida da Independência, cidade do Huambo, foi encerrada nesta quinta-feira, pela Inspecção da Saúde, por falta de higiene e depósito de medicamentos em condições, para o acondicionamento de fármacos.