Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Outubro de 2017 | 19h38 - Actualizado em 11 Outubro de 2017 | 19h38

Mais de 2000 jovens formados em Artes e Ofícios no Uíge

Uíge - Dois mil e 134 jovens foram formados, de 2005 a 2016, na província do Uíge, em diversas especialidades técnico-profissionais pelo Centro de Artes e Ofícios 1º de Maio, sob égide do Instituto de Formação Profissional (INFOP).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Logotipo do Plano Nacional de Formação de Quadros e Recursos Humanos

Foto: Lino Guimarães/Arquivo

O dado foi avançado pela directora do Centro, Rosa Ginga Pato,  durante a visita de um grupo de jovens e membros do Conselho Provincial da Juventude local, ao Centro, adiantando que este ano o centro está a formar 190 jovens nas especialidades de electricidade, canalização, serralharia, economia doméstica e informática.

O centro 1º de Maio, localizado no Bairro Caquiuia, periferia da cidade do Uíge,  ministra os cursos de electricidade, canalização, serralharia, economia doméstica e corte e costura.

Durante a visita,  os membros do CPJ receberam explicações detalhadas pela directora da instituição, Rosa Ginga Pato sobre o funcionamento do centro de formação 1º de Maio.


Rosa Ginga Pato agradeceu a iniciativa do secretariado executivo provincial do CPJ, por ter convidado jovens, para visitar o centro formação 1º de Maio.

O secretário executivo provincial da juventude no Uíge, Faustino Nguange Simão, ressaltou a importância da visita, porquanto serviu para se inteirar do funcionamento do centro, que forma os jovens para o primeiro emprego.
 

Leia também
  • 20/03/2018 14:56:13

    Falta de água canalizada aumenta riscos de afogamentos em cacimbas

    Ndalatando - Os riscos de afogamentos, principalmente de crianças, em cacimbas onde a população retira a água para o consumo está a aumentar, em alguns bairros da cidade de Ndalatando, devido à falta de água canalizada nessas zonas, fez saber hoje (terça-feira) o porta-voz do comando provincial do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, André da Costa.

  • 19/03/2018 21:46:41

    Mais de 300 mil registos efectuados nos últimos sete anos na província

    Uíge - Trezentos e setenta e cinco mil novecentos e noventa registos foram efectuados, nos últimos sete anos, na província do Uíge, pela delegação provincial do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos.

  • 19/03/2018 21:43:07

    Registo de nascimento vai contar com concurso de parteiras e autoridades tradicionais

    Uíge - O registo de nascimento de crianças no país vai contar, dentro em breve, com o concurso das parteiras e autoridades tradicionais, anunciou hoje, nesta cidade, o ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz.

  • 19/03/2018 19:19:51

    Manifestações de carinho e de reconhecimento marcam dia do pai

    Luanda - Diversas manifestações de carinho, amor e reconhecimento do empenho dos pais nas mais múltiplas frentes em beneficio aos educandos e conselhos aos que se furtam no cumprimento de seus deveres, como de prestação de alimentos, marcaram hoje, segunda-feira, a passagem do dia do pai.