Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Janeiro de 2018 | 19h11 - Actualizado em 12 Janeiro de 2018 | 19h10

Detectados 176 Bilhetes de Identidade em posse de estrangeiros

Uíge - Cento setenta e seis Bilhetes de Identidade e Cédulas de Nascimento, atribuídas de forma fraudulenta, foram detectados, nos últimos dias, na província do Uíge, em posse de cidadãos estrangeiros de várias nacionalidades, pelos serviços de Migração e Estrangeiros, denunciou hoje (sexta-feira) o governador Pinda Simão, durante uma assembleia de trabalhadores da delegação local do Ministério da Justiça e Direitos Humanos.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Governador do Uíge, Pinda Simão

Foto: Francisco Miúdo

 Mpinda Simão referiu ser imperiosa a humanização e mudança de mentalidade dos funcionários do sector da Justiça, com vista a combater tais práticas que comprometem o bom funcionamento do pelouro aos vários níveis.

O governador advogou a necessidade do sector da Justiça trabalhar, afincadamente, com vista a manter um combate cerrado contra as práticas de atribuição de Bilhetes de Identificação de forma fraudulenta a cidadãos estrangeiros.

Reconheceu que o sector da Justiça continua, ainda, a apresentar debilidades a vários níveis, e que mancha o  seu bom funcionamento, daí a necessidade  de se trabalhar, cada vez mais, para se inverter o actual quadro.

Por sua vez, o delegado local da Justiça e dos Direitos Humanos, Miguel Cutoca, garantiu que, este ano, o sector que dirige vai intensificar, em colaboração com os Serviços de Migração e de Investigação Criminal, medidas de vigilância para combater a atribuição, de forma fraudulenta, do Bilhete de Identidade e de Cédulas de Nascimento a cidadãos estrangeiros, assim como punir os  autores envolvidos na mesma prática.

Assuntos Justiça   Província » Uíge  

Leia também
  • 15/01/2018 19:00:31

    CICA determinada a combater seitas religiosas ilegais

    Songo - O combate às seitas religiosas ilegais no país é uma das apostas do Conselho de Igrejas Cristãs em Angola (CICA), durante o ano em curso, em colaboração com o Ministério da Cultura, informou hoje, segunda-feira, à Angop, a Secretária geral do órgão, Deolinda Dorcas Teca.

  • 15/01/2018 06:55:49

    Sacerdote incentiva jovens ao chamado de Deus

    Uíge - O pároco da missão católica de S. José Operário do Pombo, padre António Vemba, exortou, domingo, a comunidade cristã da localidade, a corresponder sem medo ao chamamento de Deus a exemplo do jovem Samuel.

  • 13/01/2018 23:45:59

    IERA projecta construção de infra-estruturas sociais

    Songo - A intenção de construção de uma Catedral e uma Escola do II Ciclo do Ensino Secundário, na capital do país, Luanda, foi anunciada hoje, sábado, no município do Songo (Uíge), pelo líder máximo da Igreja Evangélica Reformada de Angola, reverendo Alberto Daniel, como sendo um dos desafios até 2020.

  • 13/01/2018 18:41:56

    Anciã espancada por alegada prática de feitiçaria

    Songo - Uma anciã de 59 anos, de nome Joana Icula foi gravemente agredida por quatro cidadãos na aldeia de Kiminongo, a 27 quilómetros da vila do Songo (Uíge), acusada de prática de feitiçaria, informou o filho da vítima, Eduardo Valeriano.