Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Janeiro de 2018 | 19h19 - Actualizado em 11 Janeiro de 2018 | 19h19

Munícipes do Soyo denunciam tentativas de burla

Soyo - Munícipes do Soyo, zona costeira da província do Zaire, denunciaram hoje, quinta-feira, nesta cidade, terem sido alvos de tentativas de burla, nos últimos dias, por supostos funcionários do governo provincial, que se apelidam por João Filipe e Raul Mendes.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Vista parcial da cidade do Soyo

Foto: Rosário Dos Santos

Abordados pela Angop, afirmaram ser recorrente desde o início deste ano de 2018, que cidadãos que se fazem passar por funcionários do Governo Provincial do Zaire fazem chamadas telefónicas aos pacatos munícipes, solicitando depósitos de valores monetários em troca de viaturas, emprego e residências.  

João Francisco, um dos munícipes que na segunda-feira escapou das acções dos malfeitores, disse ter recebido um telefonema de um cidadão que se identificava ser funcionário do Governo Provincial do Zaire, convidando-o a deslocar-se até a sede do governo local, em Mbanza Kongo, para levantar uma viatura, no quadro de um programa de apoio aos desfavorecidos gizado pelo Executivo.

“Ao telefone disse-me que fui contemplado com uma viatura de marca Toyota Hilux, mas antes de a levantar tenho que pagar 150 mil kwanzas de seguro no banco Millennium”, explicou.

O suposto burlador disse estar a frente de uma comissão criada pelo Governo Provincial do Zaire para a distribuição de viaturas, motorizadas e residências aos antigos combatentes e veteranos da pátria, funcionários públicos e autoridades tradicionais.  

Por sua vez, Joana Isabel, munícipe, disse ter sido também contactada por via telefónica por um cidadão que se identificou por Raul Mendes, a fim de se dirigir ao Governo Provincial do Zaire, em Mbanza Kongo, para levantar uma viatura de marca Toyota Hillux, dupla cabine.  

“Informou-me que era uma oferta do  Presidente da República aos antigos combatentes e veteranos da pátria, autoridades tradicionais, viúvas e funcionários públicos destacados”, realçou.  

Fez saber que o suposto burlador exige a deposição urgente (no mesmo dia) dos valores numa das dependências do banco Millenium na região, sob protesto de perder a viatura.

Manuel Salambi, radialista, disse ter recebido também tal telefonema com promessa de adquirir um emprego nas Alfandegas, no município de Mbanza Kongo, sede provincial.  

Aconselhou aos  munícipes alvos dessa tentativa de burla a  denunciarem o facto às autoridades policiais locais.  

Leia também
  • 20/03/2018 17:32:51

    Rio Cambongo transborda e deixa casas nos combatentes alagadas

    Sumbe - Moradores do Bairro dos Antigos Combatentes, na periferia da cidade do Sumbe (Cuanza Sul), têm hoje (terça-feira) as suas casas alagadas, devido ao transbordo do rio Cambongo, afectando pelo menos duas mil e cinco mil pressoas.

  • 20/03/2018 15:24:25

    Destacado contributo da sociedade civil na socialização dos reclusos

    Ndalatando - O contributo da sociedade civil na moralização e socialização para a reintegração dos reclusos do Estabelecimento Prisional do Cuanza Norte foi destacado, hoje, terça-feira, em Ndalatando, pelo director da mesma instituição, superintende prisional chefe, José Manuel Teixeira, durante o acto das comemorações do 39º aniversário do órgão.

  • 20/03/2018 14:56:13

    Falta de água canalizada aumenta riscos de afogamentos em cacimbas

    Ndalatando - Os riscos de afogamentos, principalmente de crianças, em cacimbas onde a população retira a água para o consumo está a aumentar, em alguns bairros da cidade de Ndalatando, devido à falta de água canalizada nessas zonas, fez saber hoje (terça-feira) o porta-voz do comando provincial do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, André da Costa.

  • 19/03/2018 17:51:20

    Mucaba regista redução de casos de violências doméstica

    Uíge - Dois casos de violências domésticos foram registados de Janeiro a Fevereiro deste ano, no município de Mucaba, 61 quilómetros a norte da cidade do Uíge, contra oito de igual período anterior, informou hoje (segunda-feira) à Angop, a responsável local do sector da família, Luísa Victor.