Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

14 Junho de 2018 | 15h19 - Actualizado em 14 Junho de 2018 | 15h19

Desestruturação familiar apontada como causa do "fenómeno" meninos de rua

Saurimo - O uso excessivo do consumo de bebidas alcoólicas, drogas, falta de diálogo e a má preparação dos cônjuges para o casamento, foi apontado hoje, quinta-feira, em Saurimo (Lunda Sul), como sendo as principais causas da desestruturação familiar e consequentemente a permanência de meninos na rua.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A consideração foi avançada à Angop, pela directora provincial da Família e Promoção da Mulher, Elizabeth Chiuissa, a propósito do assunto, tendo referido que muitas famílias ainda refugiam-se em agressões físicas e devido a pobreza que os assola, tem originado a fuga de muitas crianças nos lares.

Segundo a responsável, para contrapor a situação, urge a necessidade de haver sinergias de toda a sociedade, bem como o reforço ao diálogo entre as famílias e a responsabilização dos indivíduos que desrespeitam a harmonia, paz e tranquilidade do lar.

“Os pais devem ser modelos em todas as acções, para que os petizes tenham uma óptima aprendizagem, beberem de bons valores éticos e morais, evitando deste modo a fuga massiva nas ruas”, advertiu.

Elizabeth Chiuissa explicou que a direcção que dirige vai neste ano promover palestras nas escolas, igrejas e nos locais de maior concentração da população, com vista a alertar a comunidade, sobre os cuidados que devem ter com a protecção das crianças e divulgar com rigor os seus direitos e deveres.

A nível da província da Lunda Sul a Direcção provincial da Família e Promoção da Mulher (Difamu) controla 100 crianças na rua e muitas delas através de acções levadas a cabo pelas autoridades regressam às residências dos seus encarregados.

Leia também
  • 14/06/2018 15:16:12

    País consolida meios de resolução extrajudiciais de litígios

    Luanda - Os meios de resolução extrajudiciais de litígios em Angola vêm se consolidando, centrada na garantia do acesso ao direito e a justiça para todos os cidadãos.

  • 14/06/2018 15:10:01

    Incêndios causam dois mortos no Cuanza Norte

    Ndalatando - Dois mortos e danos materiais avaliados em 55 mil kwanzas constituem o resultado de sete incêndios, registados no período de 06 a 13 do mês em curso, no Cuanza Norte, mais dois sinistros em relação a semana anterior.

  • 14/06/2018 15:01:38

    INSS aborda regulamento sobre trabalho doméstico

    Menongue - Responsáveis de instituições públicas, religiosas, privadas, das Forças Armadas Angolanas (FAA) entre outras, em Menongue, capital do Cuando Cubango, foram capacitados hoje, quinta-feira, sobre o Diploma que regula o Trabalho Doméstico, do Decreto nº155/16 de 9 de Agosto.