Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

10 Julho de 2018 | 19h19 - Actualizado em 10 Julho de 2018 | 19h19

Antropólogo quer maior investimento nas zonas rurais

Ndalatando - O antropólogo Lúcio Marques defendeu hoje, em Ndalatando, província do Cuanza Norte, a necessidade do equilíbrio nos investimentos realizados nas zonas rurais e urbanas, visando conter o êxodo populacional para as cidades.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O académico defendeu tal ponto de vista, quando falava à Angop, a propósito do 11 de Julho, Dia Mundial da População, que se assinala nesta quarta-feira.

Salientou que o crescimento populacional deve merecer a máxima consideração dos governos, no sentido de haver um equilíbrio entre o número da população, qualidade de vida e os investimentos a serem feitos, para a melhoria de vida das mesmas.

Apontou os conflitos políticos, familiares e étnicos, bem como a busca de melhores condições de vida, sobretudo, entre a população jovem, como factores que contribuem para a migração, o que proporciona o surgimento das desigualdades e assimetrias entre diferentes regiões do país e do mundo.

Para inverter o quadro, o também pastor da Igreja Evangélica de Angola (IECA) defendeu que haja mais investimentos nas zonas rurais, sobretudo na criação de infraestruturas, que atraiam investidores e contribuam para a criação de empregos, para desestimular o fenómeno migratório.

Considerou a migração como sendo um fenómeno secular que contribui para o desequilíbrio económico, principalmente dos jovens, que constituem a força motriz de uma sociedade, que de certo modo vão contribuir para o desenvolvimento de outras regiões.

O Dia Mundial da População é um evento anual, celebrado a  11 de Julho, com o objetivo de  alertar para as questões do planeamento e do desenvolvimento populacional.

Leia também
  • 10/07/2018 18:36:06

    Jornalista da Rádio Ecclésia morre em Portugal

    Luanda - O jornalista/correspondente da Rádio Ecclésia no município de Viana (Luanda), Bernardo Ventura, morreu, segunda-feira, em Portugal, por doença, informou hoje, terça-feira, à Angop, um amigo do falecido.

  • 10/07/2018 16:20:20

    Polícia regista seis mortes em 14 acidentes de viação na Lunda Norte

    Dundo - A Polícia Nocional, na Lunda Norte, registou, de 6 a 7 de Julho, 14 acidentes que resultaram em seis mortes e 22 feridos, informou hoje, terça-feira, no Dundo, o director do Gabinete de Informação e Análise do Comando Provincial da corporação, Leonardo Bernardo.

  • 10/07/2018 15:36:05

    Governo da Huíla quer parceiros fortes

    Lubango - O Governo da Huíla pretende estabelecer parcerias com associações fortes, que atendam as preocupações em tempo oportuno da pessoa com deficiência, através de iniciativas empreendedoras, bem como no empoderamento deste grupo a todos níveis.