Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

11 Julho de 2018 | 16h14 - Actualizado em 11 Julho de 2018 | 16h14

Incêndios causam prejuízos avaliados em mais de quatro milhões de Kwanzas

Cuito - Quatro milhões e 642 mil Kwanzas são os prejuízos de vinte e dois incêndios registados no município do Cuito, província do Bié, durante o primeiro semestre deste ano, afirmou hoje, quarta-feira, a porta-voz dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros, Benilde Vaz.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Porta-voz dos Serviços de Bombeiros, Benilde Lohuma Vaz

Foto: LEONARDO CASTRO

Em declarações à Angop, no Cuito, sublinhou que estão na origem dos incêndios, o fogo posto, curto-circuito, negligência, fuga de gás butano, entre outros. Em relação ao período anterior, registou-se mais dois casos. 

Em relação ao mesmo período anterior, registou-se menos 437 mil Kwanzas.

Considerou ínfimo os meios de humanos e matériais, sublinhando que a corporação tem sabido dar respostas a todas ocorrências, sem no entanto avançar o número de efectivos e meios controlados.

Os Serviços de Protecção Civil e Bombeiros removeram 26 cadáveres (mais 14), como fruto de afogamentos em rios e cacimbas, acidentes de viação e ferroviário, por consumo exagerado de bebidas alcoólicas, espancamento e enfermidade.

No mesmo período, a instituição tomou conhecimento, segundo a fonte, de 79 serviços de socorros, tais como o salvamento de pessoas, cortes e remoções de árvores na via pública, neutralizações de insectos perigosos, protecções de aeronaves e derrames de combustíveis.

Foram ainda realizados 117 serviços de transportação de doentes das suas residências e na via pública para o Hospital Geral do Bié.

No âmbito das calamidades naturais, pelo menos 20 famílias ficaram desabrigadas este ano, com a destruição das residências, pelas fortes chuvas, na circunscrição do Cuito (Bié).

Assuntos Província » Bié   Sociedade  

Leia também
  • 11/11/2018 12:11:19

    População da Capaladanda ganha sistema de distribuição da água potável

    Luau - Três mil e 800 habitantes do bairro "Capaladanda", arredores da sede municipal do Luau, província do Moxico, ganharam hoje, domingo, um novo sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável, no âmbito das comemorações do 43º aniversário da Independência Nacional.

  • 11/11/2018 10:00:46

    Arcebispo valoriza Operação Resgate

    Saurimo - O arcebispo da arquidiocese de Saurimo (Lunda Sul), Dom José Imbamba, afirmou, sexta-feira, em Saurimo, que a Operação Resgate, em curso no país, é uma medida que se impõe para se por ordem no ordenamento social de Angola.

  • 11/11/2018 09:09:01

    Governo aposta no resgate das profissões

    Cuito - O governo do Bié vai, a partir do próximo ano, apoiar as pequenas iniciativas de jovens empreendedores com iniciativas de alavancar a economia da região e, fundamentalmente, garantir emprego à juventude.

  • 11/11/2018 08:28:25

    Metade das residências do Quilomoço entregue aos respectivos moradores

    Uíge - Quinhentas e cinco residências da centralidade Horizonte do Quilomoço, na cidade do Uíge, foram entregues aos moradores, desde o passado mês de Agosto, data de início do processo de comercialização.