Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

13 Julho de 2018 | 06h46 - Actualizado em 13 Julho de 2018 | 00h07

Oficinas ilegais serão encerradas na província de Malanje

Malanje - Oficinas e recauchutagens ilegais na província de Malanje serão encerradas nos próximos dias, pela Direcção Provincial dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana, por irregularidades como a fuga ao fisco.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

A informação foi avançada na quinta-feira pelo director do Gabinete Provincial dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana de Malanje, Edgar Ndala, denunciando a existência de estabelecimentos do género que, para além de trabalharem à margem da lei, perigam o trânsito em algumas ruas da cidade e servem de esconderijos para alteração de características e desmancho de viaturas, inclusive roubadas.

O responsável precisou que o seu pelouro está a trabalhar, em colaboração com a Polícia Nacional, no levantamento das oficinas e recauchutagens ilegais, para posterior encerramento.

Disse ainda que outra preocupação prende-se com o exercício ilegal da actividade de táxi, por parte de muitos cidadãos que, no período de “ponta”, colocam viaturas não licenciadas a prestarem esse serviço, provocando uma concorrência desleal e interferindo na rota dos veículos legalizados.

Realçou que durante o primeiro semestre deste ano, a direcção dos Transportes, Tráfego e Mobilidade Urbana licenciou e revalidou 120 viaturas para o serviço de táxi, perfazendo cerca de 300 viaturas inscritas na província.

Assuntos Província » Malanje  

Leia também
  • 12/07/2018 20:01:31

    INSS divulga projecto sobre Protecção Social dos Trabalhadores

    Malanje - O projecto de divulgação sobre protecção social dos trabalhadores do serviço doméstico, regime jurídico das prestações familiares e trabalhadores por conta própria está a ser levado a cabo pelo Instituto Nacional de Segurança Social (INSS) em Malanje, junto dos funcionários públicos, sociedade civil e outras organizações.

  • 12/07/2018 18:39:30

    Sociedade civil em formação sobre género e VIH/Sida

    Malanje - Membros das organizações da sociedade civil e de associações e cooperativas de camponeses e quadros da Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA) participam, a partir de hoje (quinta-feira), nesta cidade, no VIII módulo anual de formação sobre género e VIH/Sida.

  • 12/07/2018 18:30:05

    População de Malanje cresce em mais oito porcento em quatro anos

    Malanje - A população da província de Malanje cresceu 8,93, nos últimos quatro anos, fruto do aumento da taxa de fecundidade da mulher e do planeamento familiar, segundo deu a conhecer hoje, quinta-feira, à Angop, o director local do Instituto Nacional de Estatística (INE), Sidó Socola.