Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

12 Julho de 2018 | 11h39 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 11h39

Pastor condenado a 10 anos de prisão por violação sexual

Ondjiva - O pastor da Igreja Ministério de Alsadam, no Cunene, Cornelius Simon, de 42 anos de idade, nacionalidade namibiana, foi condenado hoje, quinta-feira, em Ondjiva, a 10 anos de prisão maior pelo Tribunal Provincial por abusar sexualmente de três das quatro meninas crentes que viviam na sua residência.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Cunene: Juíz presidente do Tribunal Provincial - Lourenço José

Foto: José Cachiva

Ao ler a sentença, o juíz presidente do tribunal provincial, Lourenço José, referiu ter ficado provado que a partir de Julho de 2017, o réu praticava estes actos com as meninas com idade entre os 14 a 21 anos, que se encontravam em sua residência, por aceitação das famílias, para sessões de orações de curas divinas.

O juíz fez saber que se provou nos autos que o condenado não tem poder de curas divinas, manteve actos sexuais com as vítimas, aproveitando-se das suas fraquezas dizendo que os actos sexuais fazem parte do tratamento da cura e quem não obedecesse as ameaçava de que Deus vai ia amaldiçoar.

De acordo ainda com o acórdão, além dos 10 anos de prisão maior, o condenado deverá pagar uma taxa de indemnização no valor de 700 mil Kwanzas a favor das ofendidas e 150 mil Kwanzas de taxa de justiça.

O condenado, começou a ser julgado no passado dia 3 do corrente mês sob o processo nº 90/18 do Tribunal Provincial do Cunene, tendo o caso chegado ao Serviço Provincial de Investigação Criminal, depois de uma das meninas ter contado aos pais que decidiram denunciar o pastor.

Leia também
  • 12/07/2018 11:31:51

    Inspecção regista diminuição de infracções

    Ondjiva - Setecentas e 59 infracções laborais foram registadas durante o I semestre deste ano, na província do Cunene, pela Inspecção Geral do Trabalho (IGT), menos 69 em relação a igual período de 2017, disse hoje, quinta-feira, em Ondjiva, a chefe do sector em exercício, Rosalina Filipe.

  • 12/07/2018 10:51:28

    Munícipes rezam pelo 80º aniversário de Kimbele

    Uíge - Um culto ecuménico de acção de graças marca hoje, quinta-feira, em Kimbele, a abertura das celebrações do 80º aniversário de elevação da sede de circunscrição a categoria de vila, a assinalar-se a 18 de Julho corrente.

  • 12/07/2018 08:57:02

    Crescimento da população nacional estima-se em 3,1 por cento

    Luanda - A taxa de crescimento natural previsto para o ano 2018 é de 3,1 por cento, mesmo número que no ano 2017 e superior ao ano 2016 que atingiu os 3 por cento, informou nesta quarta-feira, o Técnico do Instituto Nacional de Estatística (INE), Ezequiel Luís.