Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

16 Outubro de 2019 | 13h03 - Actualizado em 16 Outubro de 2019 | 20h21

Engenho explosivo mata adolescente na Babaera

Ganda - Um adolescente de 15 anos morreu e dois outros de 12 ficaram gravemente feridos, segunda-feira última, na comuna da Babaera, município da Ganda (Benguela), em consequência da explosão de uma granada, revelou hoje, quarta-feira, à Angop, fonte da administração local.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Engenhos explosivos não detonados

Foto: BARTOLOMEU DO NASCIMENTO

Segundo a fonte, trata-se de José David, 15 anos, João Baptista e Alberto César, ambos de 12 anos, que na manhã desta segunda-feira se deslocaram a uma área denominada “Topo Leva”, com o objectivo de colherem cogumelos, um alimento vegetal, onde encontraram uma granada de fabrico americano.

“Saindo do Topo de Leva, os rapazes regressavam a casa, onde o menino de 15 anos abriu a granada que explodiu, tendo-lhe causado morte imediata e ferimentos aos dois outros”, contou.

Um dos feridos foi evacuado para tratamento intensivo no Hospital Municipal da Ganda, estando outro já fora de perigo.

Contactado pela Angop, o administrador comunal da Babaera, Feliciano Chimuco, confirmou o incidente e disse que, com este, se eleva para três o número de casos do género no mesmo local em menos de um ano.

Apelou às entidades ligadas à desminagem na província para inspeccionarem de imediato a referida área, uma vez que foi um local onde ocorreram muitas batalhas durante o conflito armado, terminado em 2002.

Revelou que, apesar de a organização não-governamental britânica “Hallo Trust” ter já desminado a área, se suspeita, com esses incidentes repetidos, a existência de mais engenhos explosivos escondidos que devem ser removidos, para garantir a segurança das populações locais.

Leia também
  • 16/10/2019 16:17:59

    Benguela regista aumento de casos de fuga à paternidade

    Lobito - Trezentos e oitenta e nove casos de fuga à paternidade e de falta de prestação de alimentos aos filhos foram registados em Benguela, até ao terceiro trimestre deste ano, pelos Serviços Provinciais do Instituto Nacional da Criança (INAC), superando o total de 369 casos do género durante todo o ano de 2018, apurou hoje a Angop.

  • 16/10/2019 16:11:02

    Exposição de produtos agrícolas marca Dia Mundial da Alimentação

    Benguela - Uma exposição de produtos agrícolas marcou hoje (quarta-feira), em Benguela, o acto provincial dos dias Internacional da Mulher Rural e Mundial da Alimentação, assinalados a 15 e 16 de Outubro, respectivamente, que decorreu sob o lema “Investir na mulher rural é garantir a estabilidade económica das comunidades”.

  • 16/10/2019 12:53:29

    Jornalista alerta sobre perigos das redes sociais

    Benguela - O director do centro de produção da Televisão Pública de Angola em Benguela, Paulo Fuete, apelou aos jovens maior responsabilidade no consumo de informações veiculadas nas redes sociais, por muitas vezes não ?terem rosto? (autor identificado).