Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

20 Maio de 2020 | 18h52 - Actualizado em 21 Maio de 2020 | 01h46

Famílias vulneráveis beneficiam de cesta básica em Cangumbe

Cangumbe - Duzentas e vinte e três pessoas em situação de vulnerabilidade na comuna de Cangumbe, município do Moxico, beneficiaram hoje, quarta-feira, de cestas básicas e 300 máscaras, numa oferta do governador provincial, Gonçalves Muandumba.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O governante, que trabalhou na circunscrição para verificar as condições criadas para evitar a contaminação da covid-19, entregou, igualmente, três motos cisternas para reforçar a distribuição gratuita de água potável à população.

Gonçalves Muandumba ofereceu, por outro lado, roupa usada, cobertores, sabão, óleo alimentar, sal e alguns instrumentos agrícolas (enxadas e catanas), para o aumento da produtividade, no campo.  

Na ocasião, sensibilizou os cidadãos para o uso obrigatório das máscaras e da nessecidade de se lavar as mãos com água e sabão e manter o distanciamento entre pessoas.

Manifestou-se satisfeito com o estado organizacional das administrações e a prontidão da população no cumprimento das medidas de prevenção contra o novo coronavírus.  

Em Cangumbe, além do centro de quarentena e isolamento de possíveis casos da covid-19, o Governador provincial visitou o posto de saúde local, que funciona com cinco técnicos, sendo três enfermeiros, e possui capacidade para internar 16 doentes.

A directora do centro hospitalar, Celestina Imaculada, disse que a instituição atende por dia uma média de 50 pacientes, sendo a malária, as doenças diarreicas agudas (DDA) e respiratórias (DRA), reumatismo, conjuntivite e a sarna as patologias mais frequentes.

Para o bom funcionamento da unidade sanitária, a responsável informou que necessita de mais três enfermeiros, igual número de técnicos de saúde e uma ambulância, para permitir a evacuação dos doentes em estado grave para o hospital geral do Moxico.  

O posto de saúde de Cangumbe vai ser ampliado e equipado no âmbito do Plano Integrado de Intervenção Municipal (PIIM), num projecto avaliado em 29.213.924.24 Kwanzas.

No encontro mantido com os membros da comissão local de prevenção da covid-19, os participantes pediram que seja resolvido o problema do abastecimento de água potável e de energia eléctrica à sede comunal de Cangumbe, visando melhorar as condições de vida da população.

Solicitaram, também, a construção de mais centros sanitários na região, para a assistência da população, bem como a montagem de moagens de bombo e o milho.   

O governante apelou as autoridades tradicionais a abdicarem do tribalismo e regionalismo, e optarem pela transmissão de mensagens de concórdia e unidade nacional, que contribuem para o desenvolvimento da municipalidade.

“O poder tradicional é bom quando comparticipa nas acções que visam a melhoria das codições de vida da população”, disse o governante ao recordar a antiga proposta sobre a futura divisão administrativa da província.   

Exigiu responsabilidade partilhada, de modo a permitir a exploração do mel, da madeira e a produção da mandioca, milho, massambala, massango, feijão, hortícolas, entre outros produtos de que a região é potencialmente rica.  

Apelou também a população a colaborar com as autoridades administrativas na resolução dos problemas que enfrenta a comuna, evitando a vandalização dos bens públicos, sobretudo do sistema de abastecimento de água e das escolas.

Situada a 102 quilómetros a oeste da cidade do Luena, a comuna de Cangumbe está localizada ao longo do Caminho-de-Ferro de Benguela (CFB), fazendo fronteira com as províncias do Bié, Malanje e Lunda Sul.

Assuntos Província » Moxico  

Leia também
  • 20/05/2020 14:01:27

    PIIM soluciona falta de água em Cangumbe

    Luena - A falta de água potável na sede comunal de Cangumbe, província do Moxico, pode ser solucionada, definitivamente, com a reabilitação do sistema de captação e distribuição do líquido, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

  • 15/05/2020 14:38:40

    Tribunal do Moxico condena jovens por desobediência

    Luena - Seis cidadãos nacionais entre 20 aos 38 anos de idade foram condenados a 90 dias de prisão correccional pelo Tribunal Provincial do Moxico, por desobediência.

  • 14/05/2020 18:51:24

    Munícipes defendem união das famílias

    Luena - A união nas famílias constitui condição essencial para o fortalecimento deste núcleo fundamental da sociedade defenderam hoje, quinta-feira, munícipes de Luena, província do Moxico, a propósito do 14 Maio, Dia Internacional da Família.