Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

04 Junho de 2020 | 11h44 - Actualizado em 04 Junho de 2020 | 13h14

Administração do Benfica confisca terrenos

Luanda - A Administração Distrital do Benfica, município de Talatona, promete, num prazo de 60 dias, reverter os terrenos sem aproveitamento a favor do Governo Provincial de Luanda (GPL).

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Esta decisão vem expressa num comunicado da administração local enviada à Angop nesta quinta-feira, na qual adianta que o confisco dos espaços não aproveitados resulta de uma medida administrativa. 

A administração indica, sem avançar datas, que haverá uma acção de fiscalização a ser levada a cabo pela Polícia Nacional e comissões de moradores, no âmbito do combate à ocupação ilegal de terrenos e obras de construção civil ilegais

A nota recorda que nenhum cidadão deve comprar  terreno sem conferir a legalidade da posse do vendedor junto das autoridades competentes.

O distrito  do Benfica conta com 500 mil habitantes.

Assuntos Província » Luanda  

Leia também
  • 04/06/2020 12:46:46

    Taxistas de Cacuaco ameaçam paralisar

    Luanda -Taxistas e moto-taxistas do município de Cacuaco, em Luanda, ameaçaram paralisar toda a actividade durante quatro dias, a partir de segunda-feira (8).

  • 29/05/2020 16:33:22

    Covid-19: Três mil Famílias em Luanda recebem cesta básica

    Luanda - Com vista a mitigar o efeito das restrições em sede da prevenção e combate à covid-19, a Comissão Multissectorial para Resposta à Pandemia procedeu, hoje (dia 29), a entrega de duas mil e 850 cestas básicas a quatro municípios da capital do país.

  • 26/05/2020 16:28:46

    SG do SINPTENU assassinado por desconhecidos no Talatona

    Luanda-O secretario-geral do Sindicato Nacional de Professores e Trabalhadores do Ensino não Universitário ( SINPTENU), Lazarino dos Santos, foi assassinado na noite de segunda-feira (25), por desconhecidos, no bairro Dangereux no municipio de Talatona, em Luanda.