Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

02 Junho de 2020 | 23h01 - Actualizado em 02 Junho de 2020 | 21h39

Apartamentos desabitados na centralidade vandalizados

Dundo - Os apartamentos desabitados na Centralidade do Mussungue, Lunda Norte, estão a ser vandalizados por supostos meliantes, por falta de segurança, denunciou hoje, terça-feira, o administrador do referido distrito urbano, Francisco Mununga.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

CENTRALIDADE DO MUSSUNGUE

Foto: CEDIDA

Sem avançar o número de edifícios e/ou apartamentos desabitados, informou que a centralidade continua ainda sob responsabilidade da Imogestin, o que impossibilita qualquer acção da administração do distrito do Mussungue no que toca a segurança e a comercialização dos apartamentos.

Os supostos meliantes estão a roubar os sistemas de electricidade, louças sanitárias e portas, bem como usar alguns para dormir.

Denunciou que terça parte dos 419 edifícios está insegura, facilitando a acção dos meliantes.

Informou  estar a pressionar a Imogestin e o Fundo de Fomento Habitacional, responsáveis pela comercialização dos apartamentos, a fim de retomarem as vendas das residências não habitadas.

Revelou que a empresa construtora da Centralidade não fez ainda a entrega deste património ao governo, para a sua gestão.

A centralidade do Mussungue, inaugurada em 2014, comporta cinco mil e quatro (5004) apartamentos e acolhe actualmente mais de 20 mil habitantes, dos mais de 30 mil previstos.

Concebida pelo Executivo em 2008, como um projecto estruturante, com o objectivo de solucionar o problema do défice habitacional que muitas famílias enfrentam, tem seis zonas e os apartamentos são das tipologias T3, T4 e T5.

Leia também
  • 02/06/2020 18:46:04

    Caçador mata acidentalmente idosa de 75 anos

    Dundo - Um caçador de 29 anos de idade atingiu mortalmente a tiro uma idosa, de 75, no município de Caungula, confundindo-a com um veado, soube hoje (terça-feira) à Angop.

  • 02/06/2020 18:20:53

    Covid-19: Polícia de Guarda Fronteira elogia população

    Dundo - O comandante da sétima Unidade da Polícia de Guarda Fronteira (PGF), Lourenço Filipe "Deia", elogiou hoje, terça-feira, a população residente nas zonas fronteiriças, por colaborar com as autoridades no combate à violação das fronteiras com a República Democrática do Congo (RDC), durante a vigência do Estado de Emergência.

  • 02/06/2020 17:53:16

    PGF frustra contrabando de combustível na fronteira

    Dundo - A Policia de Guarda Fronteira (PGF) na Lunda Norte frustrou na noite de segunda-feira uma tentativa de contrabando de 29 mil litros de combustível no posto fronteiriço do Marco 5, soube hoje (terça-feira) à Angop.