Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Junho de 2020 | 15h32 - Actualizado em 15 Junho de 2020 | 15h32

Criança continua ser prioridade na política do Estado

Luanda - O secretário nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos, declarou hoje, município de Icolo e Bengo, que a criança vai continuar a ter prioridade nas políticas de desenvolvimento elaboradas pelo Estado.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Ao falar na cerimónia antecipada das comemorações do 16 de Junho, “Dia da Criança Africana”, disse que partido que suporta o Governo vai continuar proporcionar iniciativas que visam salvaguardar os direitos das crianças.

Crispiniano dos Santos sublinhou que as crianças devem ser protegidas de abusos sexuais, violência doméstica e outros actos que minam o desenvolvimento salutar dos petizes.

Na mensagem das crianças, Bernardo Gabriel de 14 anos de idade, em representação de todas crianças do país, frisou que acto do género dá certeza que o país possui Instituições que estão comprometidas com elas, sobretudo, na salvaguarda dos 11 compromissos das crianças e dos seus direitos.

Seguidamente, as crianças de Camizungo-1 assistiram à uma palestra sobre a saúde oral, em que aprenderam a forma correcta de lavar os dentes e a língua, assim como as consequências de não lavar.

No quadro das comemorações da efeméride, o secretário nacional da JMPLA visitou uma escola primária e um posto de saúde da localidade que abre quinzenalmente para atender 420 habitantes de Camizungo 1, onde a maioria da população se dedica actividade agrícola.

O Dia da Criança Africana é celebrado em homenagem às vítimas do massacre do Soweto, a 16 de Junho de 1976, durante uma manifestação contra a falta de qualidade no ensino.

Naquele dia, centenas de crianças negras do Soweto (na África do Sul) foram mortas numa manifestação onde reivindicavam o direito à qualidade do ensino e a aprender na sua língua materna.

Assuntos Criança  

Leia também
  • 13/06/2020 23:03:24

    Lobito com aumento de crianças em trabalho infantil

    Lobito - O número de crianças e adolescentes, entre os oito e 16 anos, coagidas por familiares para o trabalho infantil, regista um aumento no município do Lobito, província de Benguela.

  • 08/06/2020 17:31:18

    INAC no Bié quer reforço da Rede de Protecção à Criança

    Cuito - A Rede Provincial de Protecção à Criança na província do Bié deve reforçar e alinhar a sua actuação, com a reactivação dos serviços nos municípios do Andulo, Nharea, Cunhinga, Camacupa, Chitembo e Cuemba, para uma maior protecção dos menores.

  • 01/06/2020 18:51:07

    Mais de mil crianças foram alvo de violência este ano

    Luanda - Mil e 427 crianças foram alvo de violência em Angola, de Janeiro a 15 de Maio do corrente ano, anunciou hoje, segunda-feira, em Luanda, a ministra da Acção Social, Família e Promoção da Mulher, Faustina Alves.