Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

04 Julho de 2020 | 12h39 - Actualizado em 04 Julho de 2020 | 12h38

Mbanza Kongo envolve munícipes na limpeza da cidade

Mbanza Kongo - Um novo modelo de limpeza e saneamento básico da cidade de Mbanza Kongo, denominado do "Meu Quarteirão Cuido Eu", que visa engajar directamente os munícipes na limpeza das áreas de residência, foi lançado este sábado, pela Administração Municipal.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O projecto pretende fortalecer a relação entre a Administração local e os munícipes, devendo, para o efeito, ser indicado um responsável em cada quarteirão que servirá de elo e porta-voz dos anseios dos moradores.

No quadro do modelo, caberá às autoridades administrativas fazer o levantamento do número de residências, famílias e moradores de cada quarteirão, cujos dados servirão de base para a implementação de diversos projectos de impacto social.

Segundo o administrador municipal, Manuel Nsiansoki Gomes, que procedeu ao seu lançamento, o novo modelo permitirá manter limpa a cidade e arredores.

O projecto-piloto foi lançado num dos quarteirões da zona nº 1 do bairro Martins Kidito, periferia da cidade, que comporta 70 casas, igual número de famílias, perfazendo 167 moradores.

Antes, o trabalho de limpeza e saneamento básico da cidade de Mbanza Kongo era feito por funcionários recrutados pela administração municipal e cingia-se no casco urbano.

Munícipes aplaudem novo modelo

Para o morador do bairro Martins Kidito, Paulo Pedro Maria, o projecto “Meu Quarteirão Cuido Eu” permite a governação de proximidade e o engajamento de cada morador nas tarefas que dizem respeito à sua vida.

Álvaro Jorge, regedor do bairro, entende que a criação de quarteirões vai melhorar a mobilização dos moradores para a sua participação na limpeza das zonas de residência e em outras actividades orientadas pela administração municipal.

Ana Helena Bento, também moradora do bairro, disse ser uma iniciativa que contribuirá para a melhoria da higiene e do saneamento básico dos locais de residência e consequente redução de casos de doenças infecciosas.

A cidade de Mbanza Kongo, sede capital da província do Zaire, conta com uma população estimada em 155 mil e 174 habitantes distribuídos pelos bairros “Sagrada Esperança, Álvaro Buta, Martins Kidito, 04 de Fevereiro e 11 de Novembro.

Leia também
  • 04/07/2020 12:16:34

    Hospital realiza exames de cancro

    Lubango - O Hospital Central do Lubango, na província da Huíla, inicia nos próximos dias a realizar os primeiros exames de cancro, com a instalação de um laboratório de anatomia patológica, informou este sábado a directora geral da unidade hospitalar, Maria Antunes.

  • 04/07/2020 11:22:17

    Autoridades tradicionais pedem retomada de projectos em Ambuíla

    Uíge - As autoridades tradicionais do município de Ambuíla, na província do Uíge, pediram sexta-feira ao Governo provincial a retomada dos projectos sociais de construção do hospital municipal local e de uma escola com 24 salas de aulas, paralisadas há cinco anos devido a problemas financeiros.

  • 04/07/2020 08:40:44

    Relíquias do Kulumbimbi devem servir de inspiração - Bispo

    Mbanza Kongo - O bispo da diocese de Mbanza Kongo, província do Zaire, Dom Vicente Carlos Kiaziku, afirmou sexta-feira que a sociedade deve inspirar-se nas relíquias da antiga sé catedral “Kulumbimbi”, para a reconstrução da cidade Património Mundial da Humanidade.