Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

04 Julho de 2020 | 19h11 - Actualizado em 04 Julho de 2020 | 20h16

Munhango solicita recuperação de sistema de água e energia eléctrica

Cuemba - A população da comuna do Munhango (Cuemba), a 224 quilómetros a Leste da cidade do Cuito, Bié, solicitou ao Governo da Província, a recuperação do sistema de água potável e energia eléctrica, avariados há quatro anos nesta região.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

 A preocupação foi avançada, hoje (sábado), pelo regedor da comuna do Munhango, Bernardino Vicente, à imprensa, após o acto de consignação de uma escola de oito salas de aulas, enquadrada no Plano Integrado de Intervenção aos Municípios (PIIM), feita pelo governador do Bié, Pereira Alfredo.

De acordo com aquela autoridade tradicional, as populações desta comunidade estão sem sistema de distribuição de água canalizada, que por falta de manutenção está avariado desde 2016 e do grupo gerador de 88 KVA, igualmente,inoperante, solicitando ao governo a sua recuperação com urgência.

Bernardino Vicente pede também as autoridades a construição de uma quadra polidesportiva, um centro cultural, a reabilitação de estrada, distribuição de inputs agrícolas às famílias camponesas, assim como a implementação de outros serviços básicos, em prol do bem-estar dos cidadãos.

Entretanto, o administrador do Cuemba, João Mário informou haver já uma equipa dos Serviços Técnicos e Infra-estruturas da província do Bié que efectuou o levantamento do material danificado e garantiu que ainda este mês a população do Munhango terá água potável nas torneiras e energia eléctrica.

Em resposta as outras preocupações da comunidade local, o governador Pereira Alfredo assegurou que as entidades governamentais locais vão engajar-se para que, dentro de pouco tempo, a comuna do Munhango conheça mais investimentos públicos e minimizar os actuais problemas que enfrentam os populares.

Quanto à escola, orçada em 78 milhões 737 mil 222 Kwanzas, Pereira Alfredo recomendou ao empreiteiro o cumprimento dos prazos estabelicidos (seis meses), de modo a permitir que haja o ingresso de perto de mil crianças no próximo ano lectivo na sede do Munhango.

A comuna do Munhango conta com uma população estimada em quatro mil habitantes, na sua maioria são camponeses.

Assuntos Obras   Província » Bié  

Leia também
  • 04/07/2020 17:37:47

    Covid-19: Aldeia Moximonge recebe bens alimentares

    Cuemba - A população da aldeia limítrofe de Moximonge, município do Cuemba, beneficiou, neste sábado, de material de biossegurança e de bens alimentares, numa iniciativa dos Governos do Bié e do Moxico, no âmbito do combate à Covid-19.

  • 02/07/2020 12:32:53

    Governo do Bié adverte empreiteiros

    Cuito - O Governo da província do Bié promete levar a Tribunal as empreiteiras e empresas de fiscalização por incumprimento das cláusulas contratuais acordadas na execução das obras sócioeconomicas no quadro do Plano Integrado de Intervenção aos Municípios (PIIM).

  • 01/07/2020 17:08:25

    PIIM no Bié com execução entre 60 a 70 por cento

    Cuito - Sessenta e nove projectos sócio-económicos iniciados em finais de 2019, dos 161 inscritos no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios ( PIIM) no Bié, registam uma execução física na ordem dos 70 por cento, informou, hoje (quarta-feira), o vice-governador para a esfera Técnica e Infra-estruturas, José Fernando Tchatuvela.