Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

13 Julho de 2020 | 12h54 - Actualizado em 13 Julho de 2020 | 12h54

Suposto furto de feijão resulta em assassinato na Chipipa

Huambo - Um cidadão de 30 anos de idade, identificado por Eduardo Ucuamanha, foi assassinado, no último fim-de-semana, na comuna da Chipipa, município do Huambo, por três indivíduos, supostamente por furto de dois sacos de feijão e 25 quilos de soja em grão.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

O facto consta no relatório do Comando da Polícia Nacional na província do Huambo sobre a situação da segurança pública, no fim-de-semana, no qual lê-se que o crime de homicídio voluntário, por agressão física, deu-se no passado sábado (11), em plana via pública daquela localidade.

Os acusados, com idades entre 25 a 32 anos, desferiram vários golpes de faca ao malogrado, que ainda assim chegou de ser socorrido para o centro de saúde da comuna da Chipipia, onde veio a sucumbir horas de depois.

Entretanto, o documento indica que os três supostos assassinos já se encontram a contas com a justiça, assim como outros 15 detidos no mesmo período, por suposta prática de 22 ilícitos criminais, entre furto, roubos, ofensas corporais voluntárias e posse ilegal de arma de fogo.

Em alguns destes cidadãos detidos, foi-lhes retirado uma arma de fogo do tipo AKM, cabos eléctricos, meios electrónicos e utensílios domésticos diversos, alguns deles reclamados pelas vítimas.

Neste mesmo período, de acordo com o documento, duas pessoas perderam a vida e outras nove contraíram ferimentos graves e ligeiros, em consequência de seis acidentes de viação, entre colisão entre carros, capotamento e atropelamentos, que resultaram do excesso de velocidade e da falta de precaução por parte dos motoristas.

Esta província, localizada no Planalto Central de Angola, é habitada por dois milhões, 519 mil e 309 pessoas, distribuídos em 11 municípios (Bailundo, Caála, Cachiungo, Chicala-Cholohanga, Chinjenje, Ecunha, Huambo, Londuimbali, Longonjo, Mungo e Ucuma), que perfazem uma extensão territorial de 35.771 quilómetros quadros.

Assuntos Província » Huambo  

Leia também
  • 13/07/2020 10:03:11

    Caála estuda mecanismos de alteração da toponímia

    Caála - As autoridades do município da Caála (Huambo), em coordenação com as comissões de moradores, iniciaram, este mês, a estudar os mecanismos exigidos pela 14/16 (Lei de Bases da Toponímia), para atribuição de nomes às ruas e barros da municipalidade.

  • 12/07/2020 14:43:21

    IECA une-se as estratégias de combate à pobreza

    Huambo - A Igreja Evangélica Congregacional em Angola (IECA) na província do Huambo vai revitalizar, nos próximos cinco anos, o Programa de Melhoramento do Povo, que consiste no fomento da actividade agrícola nas comunidades, como forma de ajudar o Governo nas estratégias de combate à pobreza.

  • 10/07/2020 17:49:57

    Lotti Nolika defende maior proactividade dos jovens

    Huambo - A governadora da província do Huambo, Lotti Nolika, afirmou hoje, sexta-feira, que espera contar com a criatividade e o dinamismo de todos os jovens, independentemente da ideologia político-partidária ou da crença religiosa, nas acções de desenvolvimento da região.