Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

23 Julho de 2020 | 18h00 - Actualizado em 23 Julho de 2020 | 19h22

Covid-19: Trabalhadores da Cidade da China em rastreio

Luanda - Após detecção de dois casos positivos de Covid-19 no parque comercial "Cidade da China", no dia 20 deste mês, e imediata instituição da cerca sanitária ao local, os trabalhadores do estabelecimento começaram a ser testados hoje (quinta-feira), pelas autoridades sanitárias.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Cidade da China, em Viana, encerrada e sob cerca sanitária por causa de dois chinses infectados com a covid-19

Foto: Pedro Parente

Cidade da China, em Viana, encerrada por causa da Covid-19

Foto: Pedro Parente

A testagem selectiva aos funcionários desse espaço, localizado na Via Expressa Cacuaco-Viana-Benfica, e de lojas ao redor, é motivada pela infecção de dois cidadãos chineses (homens), que aí trabalham juntamente com angolanos, numa estimativa de 1000 profissionais.

Segundo apurou a Angop de fonte municipal da Saúde de Viana, que não precisou o número de testes a serem efectuados, o rastreamento está a decorrer sem sobressaltos, abrangendo também os funcionários que se encontram de folga, das mais de 300 lojas conglomeradas.

Em função disso e em conformidade com as normas de segurança sanitária, foi instituída cerca sanitária, desde terça-feira,  no referido centro comercial para o devido rastreio dos respectivos contactos directos das vítimas, entre colegas, clientes, familiares e vizinhos.

Apesar de a doença ter-se despoletado na cidade chinesa de Wuhan, em Dezembro de 2019, e de a comunidade desse gigante asiático em Angola ser numerosa (mais de cinco mil cidadãos), esses são os dois primeiros casos vinculando oficialmente chineses.

Entre os estrangeiros contaminados em Angola, além destes dois chinese, constam também as nacionalidades sul-africana, conacry- guineense, libanesa, norte-americana e indiana, no decurso de quatro meses, desde os primeiros dois casos, detectados em Março.

Assuntos Saúde   Sociedade  

Leia também
  • 23/07/2020 17:55:26

    Tribunal condena invasores de apartamento do Zango

    Luanda - Quinze supostos invasores de apartamentos nas centralidades do Zango 0 e Zango 5 no município de Viana foram condenados hoje, quinta-feira, com penas de seis meses de prisão efectiva, pela 17ª Secção dos Crimes Comuns do Tribunal Provincial de Luanda.

  • 23/07/2020 16:43:27

    MPLA lamenta morte do jornalista Paulo da Mata

    Luanda - O Departamento de Informação e Propaganda (DIP) do Comité Central do MPLA lamentou a morte, por doença, do jornalista Paulo da Mata, ocorrida quarta-feira (22), em Luanda.

  • 23/07/2020 15:33:44

    Lucala ganha novos meios para limpeza

    Lucala - A Administração Municipal do Lucala, província do Cuanza Norte, conta desde hoje, quinta-feira, com dois novos caminhões, um basculante e outro cisterna, para ajudar no programa de recolha de resíduos e melhorar o saneamento básico da circunscrição.