Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

05 Agosto de 2020 | 18h01 - Actualizado em 05 Agosto de 2020 | 18h00

Covid-19: Governo entrega 4 moto-cisternas a áreas sob cerca

Cabinda - O governo da provincia de Cabinda entregou, nesta quarta-feira, quatro moto-cisternas à Administração Municipal de Cabinda para reforçar as capacidades de distribuição de água potável às populações residentes nas zonas sob cordão sanitário devido aos casos da Covid-19 registados no município sede de Cabinda.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Deste número, duas motos destinam-se às aministrações comunais de Malembo e Tando-Zinze.

O município de Cabinda tem sete (7) casos positivos da pandemia, o que motivou o Governo Provincial a tomar essa iniciativa para atenuar as dificuldades de abastecimento de água potável às zonas descritas sob cordões sanitários.

No acto de entrega dos meios, realizado defronte à sede da Administração Municipal, o vice-governador de Cabinda para as áreas Política e Social, Miguel Oliveira dos Santos, disse que as moto-cisterna vão beneficiar as localidades onde se registaram os casos, para mitigar as dificuldades de acesso à água.

Referiu ainda que, o governo está preocupado com os cordões sanitárias montados a nível da cidade de Cabinda, nas zonas onde os acessos e a movimentação de pessoas serão limitados.

Quanto aos doentes confirmados ou infectados com a Covid-19, o também coordenador da Comissão Provincial de Resposta à Pandemia em Cabinda, Miguel de Oliveira, disse existirem condições para o tratamento no Centro de Tratamento Provisório, criado no edifício da Maternidade do Hospital Provincial de Cabinda.

“Nesse local encontram-se internados os cidadãos com os testes positivos assintomáticos”, esclareceu o responsável.

Neste momento estão sob cordões sanitários, zonas afectas aos bairros Amílcar Cabral, Comandante Gika, Resistências, 4 de fevereiro (vulgo Papa Ngoma) Cabassango, bem como algumas ruas da cidade, como a Rua Irmão Evaristo e as unidades hoteleiras Pôr do Sol, Alanzio-Caio e MM-Chiazi, Tchinchiacu.

De igual modoa, a zona de Subantando, todas adstritas ao município sede de Cabinda, na província com o mesmo nome.

Assuntos Província » Cabinda   Saúde  

Leia também
  • 05/08/2020 16:45:21

    Covid-19: Governo prima por condições dignas

    Cuito - O governador do Bié, Pereira Alfredo, garantiu, nessa quarta-feira, no Cuito, haver "condições dignas", quer no Centro de Tratamento da Cavanga II quer nos demais centros de quarentena institucionais controlados pelo Governo, contrariando informações postas a circulação nas redes sociais.

  • 04/08/2020 21:13:59

    Covid-19: Lunda Norte pede reforço de máscaras

    Dundo - As autoridades sanitárias na Lunda Norte solicitam, à Comissão Interministerial de Prevenção e Combate à Covid-19, reforço de máscaras e fatos de protecção para os técnicos que prestarem assistência aos pacientes infectados com a doença.

  • 04/08/2020 20:30:31

    Administradora de Cabinda defende combate cerrado à imigração ilegal

    Cabinda - A nova administradora municipal de Cabinda, Helena Berta Marciano, defendeu, após tomar posse na nova função, segunda-feira, que o combate a imigração ilegal na cidade que agora administra será a principal prioridade durante o seu mandato à frente da capital da província mais à norte de Angola.