Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Setembro de 2020 | 19h31 - Actualizado em 15 Setembro de 2020 | 19h31

Covid -19: Autoridades avaliam reforço das medidas

Huambo - As estratégias para o reforço das medidas de prevenção contra a Covid-19 nos lares de acolhimento de idosos, na província do Huambo, estiveram no centro das deslocações, esta terça-feira, do vice-governador para o sector Social, Político e Económico da província, José Cornélio, a distintas instituições locais.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

José Cornélio, vice-governador para o sector Social, Político e Económico da província do Huambo

Foto: Francisco Miúdo

Após visitar os lares da Chivela, Ongundji Y'omuenho e do Dango, José Cornélio abordou com as respectivas direcções as estratégias para reforçar as medidas de protecção dos idosos contra a Covid-19 por fazerem parte do grupo de risco.

Em declarações à imprensa, no final da visita, o vice-governador disse ter constatado um forte engajamento das direcções dos lares na criação de condições para evitar que os idosos que neles se encontrem estejam expostos à doença.

Entretanto, assegurou que o Governo da província vai continuar a prestar maior atenção, no reforço das medidas de prevenção da Covid-19 e das condições de melhoria do bem-estar desta franja da sociedade.

Ainda no quadro da prevenção da Covid-19 nos lares de idosos, referiu que o Governo da província recomendou a necessidade dos  funcionários trabalharem por escala e o cumprimento da quarentena, assim como o seu acompanhamento por parte das autoridades sanitárias, de modo a evitar que se constituam num vector de transmissão às pessoas da terceira idade.

Por outro lado, anunciou a celebração, para breve, de um protocolo institucional que envolverá os gabinetes da Acção Social, Família e Igualdade do Género e da Saúde, visando o melhor acompanhamento, em termos de assistência médica e medicamentosa.

O protocolo, reforçou, prestará especial atenção à  transportação dos idosos doentes para as unidades hospitalares, que tem sido um das principais dificuldades vividas pelos lares da Chivela e do Dango, por falta de meios rolantes.

De acordo ainda com o vice-governador, o protocolo vai envolver igualmente o gabinete da Agricultura, para o desenvolvimento de acções que garantam a sustentabilidade alimentar dos lares.

José Cornélio disse ainda ter tomado boa nota da problemática da falta de energia elétrica da rede pública e do mau estado dos sete quilómetros da via de acesso do lar do Dango, que dista a 17 quilómetros do centro da cidade do Huambo, avançando que medidas serão tomadas no sentido de se pôr fim a situação.

Os três lares da terceira idade albergam um total de 186 idosos, sendo 46 no da Chivela, 65 no do Ongundji Y'omuenho e 75 no do Dango.

Leia também
  • 15/09/2020 20:22:19

    Execução do PIIM em Mbanza Kongo com nível satisfatório

    Mbanza Kongo - A execução física de duas escolas de sete e 12 salas de aula no município de Mbanza Kongo, província do Zaire, ronda os 40 e 85 por cento, respectivamente, passados cerca de quatro meses desde o lançamento desses projectos inseridos no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).

  • 15/09/2020 20:07:49

    Covid-19: MPLA no Cuito Cuanavale quer militantes exemplares

    Menongue - O uso obrigatório das máscaras faciais, cumprimento do distanciamento físico, lavagem constante das mãos com sabão e água corrente pelos militantes do MPLA no Cuito Cuanavale, província do Cuando Cubango, foi reiterado hoje, terça-feira, pelo 1º secretário municipal do partido, José Martins, no âmbito da prevenção e combate à Covid-19.

  • 15/09/2020 19:47:06

    Covid-19: Moradores das zonas sob cerca clamam por atenção

    Huambo - Os moradores das zonas dos bairros da Polícia de Intervenção Rápida (PIR), Canhe e Benfica, arredores desta cidade, sob cerca sanitária, em função dos nove casos positivos da Covid-19 diagnosticados na província do Huambo, solicitaram à comissão multissectorial provincial de combate e prevenção à doença maior atenção na garantia do seu bem bem-estar social.