Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Sociedade

15 Setembro de 2020 | 12h25 - Actualizado em 15 Setembro de 2020 | 14h02

Lubango ganha parque público

Lubango - Um parque público de lazer, com 11 mil metros quadrados, onde estão instalados vários equipamentos de diversão e actividade física, construído nas margens do rio Mukufi, centro do Lubango, será inaugurado na próxima semana.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Huíla: Anfiteatro a ceu aberto no novo parque de lazer

Foto: Morais Silva

O parque, enquadrado nas obras de construção de infra-estruturas integradas do Lubango, consignadas em Julho de 2017, terá quadras desportivas, quiosques e um anfiteatro a ceu aberto.

Até 2014 a zona era um bairro de lata, denominado “Walia Wenda”, famoso pela comercialização de bebidas tradicionais fermentadas, mas hoje, após realojamento das pessoas e requalificação da área iniciada em 2018, tornou-se numa zona nobre.

O parque do Mukufi é o segundo construído nos últimos dez anos, depois do 04 de Abril, situado na Senhora do Monte e segundo o coordenador do projecto das infra-estruturas integradas do Lubango, onde está inserida a obra, João Dinheiro, contempla instalações sanitárias, inclusive para pessoas com mobilidade condicionada.

Em declarações à Angop,  disse que essa zona da bulevar do Rio Mukufi conta ainda com três campos de basquetebol e um polidesportivo, circuito de equipamentos para manutenção física , arruamentos, pedonais, bancos de jardins, iluminação ornamental e pública, pontos de água, energia e arborização.

Além das obras de arte, foi também feito o desassoreamento do rio Mucufi, contenção dos taludes com pedras de desmonte, numa extensão de um quilómetro trabalhos que vão se estender até à intercepção da rua que dá acesso ao shopping Millennium.

“O Mukufi é um rio que atravessa a cidade e encontrava-se numa situação precária, pois  estava muito assoreado e precisou ser limpo e  depois dessassoreado, permitindo a seguir a criação de açudes, em espécie de cachoeiras, que proporcionam uma bela visão estética”, frisou.

Quanto à qualidade da obra, o responsável disse ser boa e orgulha, pois trata-se de um trabalho que está a ser bem fiscalizado, tanto pelo fiscal, tanto pela administração municipal.

As obras de construção de infra-estruturas integradas do Lubango, capital da Huíla, consignadas em Julho de 2017, arrancaram em Outubro do memso ano.

Estão orçadas em 212 milhões, 682 mil, 926,83 dólares norte-americanos e têm o término previsto para Dezembro deste ano (36 meses de duração) e são conduzidas por um consórcio de empresas locais, a Omatapalo e a Imossul.

Ao todo estão a ser feitos trabalhos profundos numa extensão de cem quilómetros de infra-estruturas integradas, entre estradas, equipamentos sociais, assim como arranjos em quatro unidades de lazer.

Foram intervencionadas 31 ruas, a maior parte delas no casco urbano e outras restantes em novas zonas residenciais, como parte dos bairros da Senhora do Monte, Mapunda, Machiqueira, Minhota e Santo António.

Quanto ao quesito lazer, para além do jardim citado, foi também intervencioado um outro defronte a sede do Camingo-de-ferro de Moçâmedes e outro na Sé Catedral do Lubango, prevendo-se o mesmo para a praça Gabriel Calofe, diante do governo provincial.

Com uma superfície de três mil e 140 quilómetros quadrados, o município do Lubango alberga hoje quase um milhão de habitantes.

Leia também
  • 15/09/2020 10:18:25

    CFM homenageia vítimas do Munhino com memorial

    Lubango - Um memorial em homenagem às vítimas do acidente ferroviário ocorrido há dois anos na zona do Munhino, município da Bibala, província do Namibe, em construção há três meses, será inaugurado no dia 26 deste mês pelo Caminho-de-Ferro de Moçâmedes (CFM).

  • 14/09/2020 16:37:12

    Detida anciã acusada de matar e enterrar esposo na lavra

    Ndalatando - O comando da Polícia Nacional no Cuanza Norte procedeu, este domingo, a detenção de uma cidadã angolana acusada de ter morto o seu marido, por envenenamento, e enterrado o corpo na lavra, soube hoje a Angop, em Ndalatando, de fonte policial.

  • 14/09/2020 14:48:54

    SIC desmantela grupo de assaltantes no Luena

    Luena - Um grupo de marginais foi desmantelado, este fim-de-semana, e apresentado hoje à imprensa pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) na cidade do Luena, província do Moxico.