Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Transporte

23 Janeiro de 2018 | 22h34 - Actualizado em 24 Janeiro de 2018 | 13h41

Execução do canal fluvial no rio Cuando é positiva - Ministro dos Transportes

Menongue - A execução física de 99 porcento do canal fluvial no rio Cuando, que liga as regiões do Shangombo (Zâmbia) e Rivungo (Cuando Cubango/Angola), foi considerada positiva, esta segunda-feira, pelo ministro dos Transportes, Augusto Tomás.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

1 / 1

Cuando Cubango: Parte das infraestruturas do projecto do lado angolano

Foto: Armando Morais

Cuando Cubango: Ministros Augusto Tomás (à direita) e Brian Mushimba (à esquerda) percorrem o canal fluvial

Foto: Armando Morais

O projecto transfronteiriço tem um percurso de 10 quilómetros e integra as infre-estruturas que deverão albergar, entre outros, efectivos da Polícia Fiscal e dos Serviços de Migração e Estrangeiros.

O governante angolano falava à imprensa no final de uma reunião com o ministro dos Transportes e Comunicações da Zâmbia, Brian Mushimba, no Rivungo, salientando que falta pouco para a conclusão de um projecto importante, que garantirá a livre mobilidade de cidadãos dos dois lados.

Disse tratar-se de um projecto exemplar no cumprimento dos prazos e pela racionalidade imposta nos custos da sua execução. Para a sua conclusão, faltam alguns arranjos, arruamento, além da aquisição de embarcações.

Referiu que com a conexão desta rede fluvial será possível desenvolver o potencial daquela região, nomeadamente o comércio, agricultura, pesca e o turismo, uma vez que este projecto vai se enquadrar-se num outro transnacional, denominado Okavango-Zambeze.

Já o ministro dos transportes e comunicações, Brian Mushimba, reconheceu que o estado de desenvolvimento do projecto da parte de Angola é visível, mas que do lado do seu país ainda não foi desenvolvido. Disse, no entanto, que a sua presença visa comprometer-se com o projecto.

Destacou a qualidade e tecnologia usada na construção da infra-estrutura por parte de Angola e prometeu, sem avançar prazos, o engajamento do governo do seu país na conclusão do referido projecto. Além do edifício que vai albergar a Polícia Fiscal, SME e Polícia de Guarda Fronteira, a estrutura, a ser erguida pela empresa Clay Disposal-Zâmbia, contempla 10 casas do Tipo T3 para funcionários.

Os ministros percorreram, de barco, o canal fluvial (10 km, 34 metros de largura e 3 metros de profundidade), bem como visitaram as infra-estruturas, um facto testemunhado pelo governador do Cuando Cubango, Pedro Mutindi, e membros das delegações dos dois países.

O Rivungo é um município situado no sudeste do Cuando Cubango e dista a 661 quilómetros da capital da província, Menongue.

Com mais de 30 mil habitantes, Rivungo tem 281 quilómetros de fronteira leste com a Zâmbia e 177 quilómetros de fronteira sul com a Namíbia.

Leia também
  • 07/03/2018 14:02:23

    CFL aumenta número de viagens inter-provincial

    Luanda - A direcção do Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL) decidiu aumentar, a partir da próxima segunda-feira (12), o número de viagens dos comboios de longo curso (Luanda/Malange), passando de duas para quatro jornadas semanais.

  • 05/03/2018 01:17:37

    CFB "abre porta" à competitividade económica africana

    Luena - Os países da região austral de África sem acesso ao mar e outros já podem transportar recursos minerais, produtos e mercadorias, com a retoma hoje (segunda-feira), da circulação entre os Caminhos-de-Ferros de Benguela (CFB) e a Sociedade Nacional dos Caminhos-de-Ferro do Congo (SNCC).

  • 01/02/2018 21:20:41

    Cuando Cubango: Rivungo aponta estratégia para desenvolvimento

    Rivungo - A construção do aeródromo na sede do município do Rivungo, no Cuando Cubango, com 2300 de comprimentos, para debelar a descontinuidade em termos de acesso ao canal fluvial no rio Cuando, que liga Shangombo (Zâmbia) e Rivungo (Angola), consta das estratégias de desenvolvimento para 2018-2022.

  • 31/01/2018 20:10:27

    Macon suspende serviços na estrada nacional 230

    Saurimo - A empresa de transporte rodoviário MACON, anunciou que vai suspender temporariamente os seus serviços na estrada nacional 230, no troço Lunda Sul/Luanda, devido ao mau estado da via.