Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Transporte

12 Julho de 2018 | 19h46 - Actualizado em 12 Julho de 2018 | 19h46

TAAG pode extinguir primeira classe

Luanda - A TAAG, Linhas Aéreas de Angola, poderá extinguir a primeira classe dos seus serviços de bordo, de forma a reduzir custos operacionais, disse o Presidente do Conselho de Administração da companhia, José Kuvíngua.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Interior do Boeing 777- 300 ER da TAAG

Foto: Pedro Parente

Em declarações ao Jornal de Angola José Kuvingua avançou que a medida é resultado de estudos internos da companhia, uma decisão decorrente do plano estratégico apresentado em Junho.

Informou que a transportadora se debate com a prevalência de tarifas que não cobrem os custos operacionais, além das elevadas facturas relativas aos combustíveis.

Para o PCA, desde que a TAAG passou a gestão profissional, com o conselho de administração liderado por quadros indicados pela Emirates - alguns dos quais ainda permanecem na companhia - o lema tem sido “rentabilizar sim, mas reduzir os custos”.

“O serviço passou a estar sujeito a uma fraca procura depois das medidas de restrição económica e orçamental aplicadas pelo executivo, o que reduziu a taxa de ocupação da primeira classe, geralmente frequentada por funcionários do Estado em deslocações oficiais”, lê-se na edição desta quinta-feira daquele diário.

Após a tomada da medida, todos os voos da companhia passarão a oferecer apenas serviços em executiva e em classe económica.

Ricardo de Abreu foi nomeado, a 19 de Junho, Ministério dos Transportes e desde então tem visitado as empresas públicas do sector, para se inteirar dos projectos em curso. A TAAG aguarda pela visita do ministro que já esteve na ENANA e no Porto de Luanda.

Assuntos Aeronáutica   TAAG  

Leia também
  • 10/07/2018 21:02:07

    Avião da TAAG deixa Cunene para Luanda

    Luanda - O avião da transportadora aérea angolana TAAG que se encontrava imobilizado, desde segunda-feira, em Ondjiva, Cunene, depois de ter colidido com aves ao aterrar, regressou já a Luanda.

  • 10/07/2018 13:22:41

    Colisão com aves imobiliza avião no Cunene

    Ondjiva - Um avião da transportadora aérea angolana TAAG encontra-se imobilizado, desde a tarde de segunda-feira, no Aeroporto 11 de Novembro, na cidade de Ondjiva, província do Cunene, depois de ter colidido com aves, quando procedia à aterragem.

  • 03/07/2018 17:32:33

    INAVIC pode sair da lista de segurança da UE

    Luanda - O Instituto Nacional da Aviação Civil, INAVIC, está a trabalhar no sentido de, nos próximos dias, pôr fim aos dez anos de proibição de operar no espaço aéreo da União Europeia, disse hoje, em Luanda, o seu director-geral, Rui Carreira.