Angop - Agência de Notícias Angola PressAngop - Agência de Notícias Angola Press

Ir para página inicial
Luanda

Max:

Min:

Página Inicial » Notícias » Transporte

07 Agosto de 2020 | 00h57 - Actualizado em 07 Agosto de 2020 | 01h00

Covid-19: Novo voo de repatriamento de angolanos em Lisboa

Luanda - Depois do único voo de repatriamento de angolanos retidos no Porto (Portugal), realizado a 30 de Julho, a TAAG - Linhas Aéreas de Angola - retoma, nesta sexta-feira, as operações humanitárias de "resgate" entre Lisboa e Luanda, transportando 260 passageiros.

Envia por email

Para compartilhar esta notícia por email, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

Corrigir

Para reportar erros nos textos das matérias publicadas, preencha os dados abaixo e clique em Enviar

TAAG cumpre nesta sexta-feira, dia 07 de Agosto, com o segundo voo humanitário de repatriamento a partir de Lisboa

Foto: Joaquina Bento

Neste segundo voo de repatriamento, a partir da capital portuguesa, à semelhança do anterior, estão a ser priorizados os doentes que cumpriram juntas médica, alguns que estavam em formação académica, os passageiros em grupo familiar (sobretudo com crianças) e os idosos.

Conforme os termos do Decreto Presidencial sobre o Estado de Calamidade Pública, e tal como os beneficiários anteriores destas operaçãos humanitárias, estes serão encaminhados para os vários centros de referência, onde vão cumprir a quarentena institucional obrigatória.

Assim, os viajantes a bordo do Boeing 777-300, da TAAG, antes do embarque, deverão apresentar o teste “negativo” da Covid-19, realizado 72 horas antes, assim como preencherão a declaração de aceitação do período de quarentena institucional em hotéis designados pelo Estado Angolano.

Desde que foi decretado o Estado de Emergência, a 25 de Março último, a TAAG transportou quatro  mil cidadãos angolanos que estavam retidos no estrangeiro. A TAAG já transportou, só em Julho, 760 cidadãos, sendo 543 de Portugal.

No quadro do programa de voos humanitários da Comissão Multisectorial para a Prevenção e o Combate à Covid-19, a companhia prevê repatriar de Portugal mil e 100 cidadãos nacionais, dos quais mil e oitocentos em Lisboa e 300 na cidade do Porto.

Assuntos Aviação   Saúde   TAAG  

Leia também
  • 31/07/2020 19:33:44

    Covid-19: Porto isento dos próximos voos da TAAG

    Luanda - Ao fazer regressar 283 cidadãos angolanos, da cidade portuguesa do Porto, na última quinta-feira (dia 30), a transportadora aérea nacional (TAAG) vai direccionar os próximos três voos humanitários de repatriamento exclusivamente a Lisboa, capital de Portigal.

  • 24/07/2020 18:09:43

    Covid-19: Mais de 200 angolanos regressam de Portugal

    Luanda - Pelo menos duzentos e sessenta cidadãos angolanos, desembarcaram, na tarde desta sexta-feira (dia 24), em Luanda, provenientes de Lisboa-Portugal, onde estiveram retidos, quatro meses, por força da covid-19.

  • 16/07/2020 20:55:34

    Covid-19: Angolanos retidos no Brasil já no país

    Luanda - Duzentos e 37 cidadãos, entre angolanos e estrangeiros residentes em Angola, chegaram, no final da tarde desta quinta-feira, ao país, provenientes do Brasil, depois de cinco meses retidos no Brasil, por força da interdição do espaço aéreo nacional, a 20 de Março.